terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Mulher de 18 anos presa por morte de Gizela Mousinho confessou crime


Os dois suspeitos presos pela morte de Gizela Mousinho Paiva da Silva, de 43 anos, tiveram os nomes e fotos reveladas pela Polícia Civil, na manhã desta segunda-feira (11). Os jovens, um homem e uma mulher, foram presos por policiais da Delegacia de Homicídios. A mulher presa confessou o crime e, inclusive, que foi a autora dos disparos.
Os dois presos foram identificados como Jully Shayonara Alves de Oliveira, de 18 anos, e Wagner Almeida do Nascimento. De acordo com o delegado Ben-Hur Cirino de Medeiros, da Dehom, Jully confessou o crime e, inclusive, relatou que ela teria sido a autora dos disparos contra Gizela.
Além disso, Jully já foi presa por roubo e responde por esse crime. O comparsa dela preso trabalhava em um lava jato. Ele teria sido o responsável por dirigir o carro durante o assalto. Os policiais da Delegacia de Homicídios também identificaram uma menor de idade como participe do crime, mas ela ainda não foi localizada.
Gizela Mousinho foi assassinada no dia 2 de janeiro deste ano, durante um assalto no bairro de Lagoa Nova. Ela tentava retirar a filha de dentro do carro que estava sendo roubado, quando foi baleada.

PORTAL BO

Nenhum comentário:

Postar um comentário