quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Agentes da Defur e da Dehom prendem acusado de latrocínio contra ASG do Banco do Brasil


Policiais da Delegacia de Furtos e Roubos e da Homicídios, prenderam na manhã desta terça feira 02 de fevereiro de 2016, Leonan Marques da Silva de 23 anos, com passagens pelo sistema prisional do RN por tráfico de drogas e acusado de latrocínio. 

De acordo com o Delegado da Defur, Luiz Fernando, o ex-presidiário é o principal suspeito do crime de latrocínio (roubo seguido de morte),ocorrido no dia 23 de janeiro deste ano,onde foi vítima,Antônio Augusto Neto de 46 anos, assassinado a tiros durante um assalto na porte de sua casa na Avenida Alberto Maranhão no bairro Bom Jardim em Mossoró. RETROSPECTIVA DO CASO

Leonan foi reconhecido através de imagens de cameras de segurança gravadas no dia do crime e liberadas para a Polícia Civil. Ele foi preso em uma residência na rua José Mendes da Silva, no bairro Costa e Silva (Pintos) e não houve tempo para reagir à prisão. 

Após ser preso o suspeito foi encaminhado à Delegacia de Furtos e Roubos,onde foi ouvido pelo delegado titular da especializada, Dr. Luiz Fernando. 

Leonon confessou que matou Antônio Augusto, mas negou que tenha sido para roubar a moto da vítima. Ele disse que a Augusto Neto, tinha uma rixa com sua família e teria ameaçado a mesma há algum tempo atrás e por isso resolveu matá-lo. 

Ele disse ainda ao delegado, que só levou a moto, após atirar na vítima,porque estava a pé e queria fugir do local do crime para não ser preso em flagrante.

O que a polícia investiga agora é se houve participação de mais alguém no crime, ou seja se o acusado foi deixado no local, por outra pessoa. 

Após os procedimentos realizados na DEFUR, Leonan Marques foi encaminhado à Cadeia Pública,onde ficará a disposição da justiça.

Antônio Augusto foi morto quando saía de casa para o trabalho
Fim da LInha

Nenhum comentário:

Postar um comentário