sábado, 13 de fevereiro de 2016

Agentes encontram revólver e 30 munições dentro de presídio no RN

Descoberta foi feita nesta sexta (12) no Presídio Rogério Coutinho Madruga. Segundo a Sejuc, arma e munições estavam dentro de uma lixeira.

Anderson Barbosa Do G1 RN
Arma e munições foram encontrados em uma lixeira; Sejuc mandou instaurar sindicância (Foto: G1/RN)

Um revólver e trinta munições foram encontrados na manhã desta sexta-feira (12) em uma lixeira dentro do Presídio Rogério Coutinho Madruga, mais conhecido como Pavilhão 5 de Alcaçuz. A unidade fica em Nísia Floresta, na Grande Natal. A informação foi confirmada pelo secretário Cristiano Feitosa, titular da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc).

Ainda de acordo com o secretário, uma sindicância será instaurada para apurar como a arma entrou na unidade e como ela foi parar dentro da lixeira. "Vale frisar que o armamento não chegou às mãos dos presos", ressaltou Feitosa.

No dia 17 de janeiro, um policial militar e um agente penitenciário foram baleados durante a fuga de dois presos do Centro de Detenção Provisória do Potengi, na Zona Norte de Natal. Os detentos estavam armados dentro da cela e fugiram levando o revólver do agente.

No dia 14, policiais da Força Nacional já haviam encontrado um revólver, 20 munições e um tablete de maconha na área externa da Penitenciária de Alcaçuz, que é a maior unidade prisional do estado. O material estava no pé do muro, entre duas guaritas.

Poucos dias antes, na própria Penitenciária de Alaçuz, detentos atiraram contra uma das guaritas da unidade durante uma tentativa de fuga.

Nenhum comentário:

Postar um comentário