sábado, 13 de fevereiro de 2016

Individuo acusado de assalto foi preso ao tentar subornar a equipe da Força Tática



Na tarde de ontem, 12 de fevereiro, uma pessoa vitima de assalto acionou a Central de Operações da policia militar com a informação de um assalto. A equipe de uma guarnição da Força Tática foi enviada ao local, no Abolição III, em Mossoró e localizou a vitima, que apontou o suposto assaltante. 

A vitima disse aos policiais que o assalto foi na segunda feira de carnaval, mas só hoje conseguiu localizar o acusado, Rodolfo Cristiano R. da Cunha, de 19 anos de idade. 

Rodolfo confessou o delito e para não ser preso ofereceu 500 reais em dinheiro vivo aos policiais. Eles receberam o dinheiro como prova do crime de suborno e só depois deram voz de prisão ao acusado. 

Rodolfo Cristiano R. da Cunha, foi conduzido para a Delegacia de Furtos e Roubos e como não havia mais flagrante do assalto realizado no inicio da semana, ele foi levado para a 2ª Delegacia do bairro Nova Betânia e deverá responder pelo crime de suborno. 

"Sic" O policial nem precisava receber o dinheiro. O simples fato de oferecer dinheiro a um policial, já se configura o crime descrito no art. 333 do Código Penal, pois, como dito, trata-se de crime de mera conduta, que se consuma com o simples ato de 'oferecer ou prometer vantagem indevida'.

O Câmera

Nenhum comentário:

Postar um comentário