sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

'Sofria de ansiedade', diz pai de miss encontrada morta no RN

Railson Medeiros diz que filha tinha acompanhamento psiquiátrico. 'Ainda não sei onde errei', lamenta pai, que é policial militar.

Do G1 RN
Emilly Medeiros foi eleita miss São João do Sabugi em 2015 (Foto: Arquivo Pessoal)

A miss de São João do Sabugi, Emilly Medeiros, encontrada morta na manhã desta quinta-feira(11) dentro de casa, sofria de ansiedade e tinha acompanhamento psicológico e psiquiátrico. A informação foi repassada pelo pai dela, o policial militar Railson Medeiros. Emilly, que tinha 17 anos e era filha única, foi achada morta no quarto dela pela própria mãe.

"Minha filha comentou algo sobre morte com minha mulher no final do ano passado. Diante disso, resolvemos levá-la a um psicólogo. Ele a encaminhou para um psiquiatra, que prescreveu uma medicação. Fora isso, ela estudava, namorava e tinha uma vida social normal, como qualquer garota da idade dela. Realmente não sei o que pode ter acontecido. Não sei onde errei, como não pude ajudar a minha filha", lamentou o policial.

Railson disse que o corpo de Emilly será levado do Instituto Técnico e Científico de Polícia (Itep) de Caicó para São João do Sabugi ainda na tarde desta quinta. O velório será realizado durante toda a noite e a madrugada. O sepultamento está marcado para as 8h desta sexta (12), no cemitério da cidade.

Emilly Medeiros estudava produção têxtil no campus de Caicó do Instituto Federal do RN (IFRN). Ela foi eleita miss São João do Sabugi em 2015. A polícia investiga a possibilidade de suicídio.

São João do Sabugi fica na região Seridó do Rio Grande do Norte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário