segunda-feira, 14 de março de 2016

ASSOCIAÇÕES DE POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES CONVOCAM CATEGORIA PARA ASSEMBLEIA GERAL UNIFICADA NO DIA 31


As Associações de Policiais e Bombeiros Militares do Rio Grande do Norte convocam a categoria para uma assembleia geral unificada, a ser realizada em 31 de março, às 14h, no Clube Tiradentes, em Natal. Na pauta, estão discussões cruciais para a categoria, como a reestruturação das legislações das carreiras (LOB, o Estatuto, o Código de Ética e a diária operacional) e o pagamento dos promovidos em 2012, 2013 e 2014, além das promoções de janeiro deste ano, ainda imersa em trâmites burocráticos. A questão do concurso para CFO, outro ponto-chave para os policiais, também vai ser debatido.

Para os líderes das associações, a participação de toda a tropa é fundamental para o andamento das deliberações. “A reestruturação das legislações é urgente, mas vem sendo tratada com certa morosidade pela gestão. Os regimentos suprimem nossos direitos enquanto pessoa humana, ferem a Constituição e seguem a contramão do Estado Democrático de Direito”, critica o presidente da Associação de Praças da Polícia Militar de Mossoró e Região (APRAM), Tony Fernandes.

O presidente da Associação dos Bombeiros Militares do Rio Grande do Norte (ABM/RN), Dalchem Viana, reforça a convocação quanto à sua importância sobre as legislações e faz um alerta a respeito da realização do concurso para CFO. “Segundo o entendimento das associações, o edital deveria ser encaminhado só depois das discussões dentro da comissão que trata do tema na Assembleia Legislativa, que regulamenta ingresso, carreiras”, esclarece o presidente.

Recentemente, o Governo do Estado anunciou o lançamento do edital; espera-se que ele seja publicado até meados deste ano.
Soldado Lira, presidente da Associação da Polícia Militar da Região Agreste do Rio Grande do Norte (ASSPRA), reforça que, na assembleia unificada, os líderes vão repassar e discutir como está o encaminhamento das discussões legislativas. “Iremos passar para vocês como é que tem sido desenvolvido o trabalho junto à comissão responsável pela renovação da legislação da PM”, disse.

Em razão disso, os presidentes frisam a importância da participação massiva da categoria para a realização dos debates. “As entidades convocam a categoria para que compareça a assembleia, porque ela tem uma grande importância, principalmente nesse momento em que a gente discute pontos tão importante, como as legislações”, completa o sargento Eliabe, presidente da Associação de Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros do Rio Grande do Norte (ASSPMBM/RN).

Assessoria de Comunicação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário