sábado, 12 de março de 2016

Polícia Civil deflagra operação contra ex-prefeito e empresários de Alexandria.


A Polícia Civil com apoio operacional da Polícia Militar, deflagraram nas primeiras horas da manhã de hoje (11.03.2016), na cidade de Alexandria/RN, a Operação Wilde. A operação tem como objetivo dar cumprimento a 11 mandados de busca e apreensão expedidos pela Juíza de Alexandria/RN. 

Os mandados foram cumpridos nas residências do prefeito afastado Dr. Nei Rossato, do ex-secretário de administração, Gilberto Maniçoba, do ex-secretário de saúde, Danilo Dantas, dos empresários Vandemberg, dono da clínica CIED, bem como também na clínica CIED, Antônio Pires, dono da loja de material de construção Casa Pires, Gilson Cabeludo, dono de uma oficina que presta serviço de manutenção para a prefeitura, e outras pessoas ligadas ao círculo familiar do ex-prefeito da cidade. 


Na casa do ex-prefeito a polícia apreendeu 01 revólver de uso restrito cal. 357, 01 espingarda cal. 12, 15 munições intactas de cal. 357, 07 cartuchos intactos de cal. 12, 16 munições intactas de cal. 38 e 20 munições intactas de cal. 380. No momento da abordagem o ex-prefeito não estava na cidade, pois trabalha em Natal e o seu caseiro foi levado para a delegacia para prestar esclarecimentos. O Dr. Nei responderá pelo crime de posse ilegal de arma de fogo de uso restrito. 

Na casa do empresário Berguinho, a polícia apreendeu uma pistola cal. 380 e 55 munições intactas de cal. 380. O empresário apresentou o registro da arma, mas a arma será periciada. 

Na casa do empresário Antônio Pires, a polícia encontrou 01 revólver cal. 38 com 05 munições intactas. O empresário estava com o registro da arma vencido e a arma será periciada. 

A operação contou com a participação de 06 delegados e suas equipes da polícia civil de Pau dos Ferros, Alexandria, Portalegre, São Miguel, Luís Gomes, Marcelino Vieira e Martins. Participaram ainda, 07 equipes da polícia militar dos destacamentos de Encanto, Água Nova, Rafael Fernandes, Riacho de Santana, GTO’s de Patu e Pau dos Ferros, sob o comando do Major Cavalcanti. 

Segundo o Delegado Regional de Pau dos Ferros, Inácio Rodrigues, responsável pela investigação, "nesse primeiro momento não é possível dar maiores detalhes sobre a operação, apenas que os mandados de busca e apreensão estão relacionados ao assassinato do blogueiro Wilde Alves, ferrenho opositor da municipalidade, que publicava matérias com gastos milionários realizados de maneira suspeita pela prefeitura, e que o ex-prefeito Dr. Nei Rossato é investigado como um dos mandantes do assassinato." 

A Polícia Civil continua investigando o crime e a sociedade alexandriense aguarda ansiosa o desfecho das investigações que estão a cargo do competente delegado Inácio Rodrigues.

Assessoria/O Câmera

Nenhum comentário:

Postar um comentário