segunda-feira, 4 de abril de 2016

Acusado de matar radialista no RN, ex-pastor vai a júri nesta segunda

Gilson Neudo é acusado de participar de 'consórcio' para matar F. Gomes. Morto em 2010, radialista tinha 46 anos e trabalhava na rádio Caicó AM.

Anderson Barbosa Do G1 RN
Gilson Neudo Soares do Amaral, ex-pastor evangélico (Foto: Sidney Silva)

O ex-pastor Evangélico Gilson Neudo Soares do Amaral, acusado de ser um dos mentores do assassinato do radialista caicoense Francisco Gomes de Medeiros, o F. Gomes, morto a tiros no dia 18 de outubro de 2010, vai a júri popular nesta segunda-feira (4). O julgamento chegou a ser marcado para o dia 16 de março, mas foi reagendado porque a defesa do réu avisou que não poderia comparecer.

O início do júri está previsto para as 9h no Fórum Municipal Amaro Cavalcanti, que fica no Complexo Judiciário Maynard, localizado na Av. Dom Adelino, no Centro de Caicó. O defensor público Serjano Marcos Torquato Vale, que atualmente exerce suas funções no Fórum Varela Barca, na Zona Norte de Natal, é quem vai fazer a defesa do ex-pastor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário