terça-feira, 5 de abril de 2016

Agentes encontram máquina de tatuagem em presídio de Natal

Revista estrutural foi realizada durante a tarde desta segunda-feira (4). Máquina e celulares foram encontrados no pavilhão A da unidade.

Do G1 RN
Máquina de tatuar, celulares e carregadores foram apreendidos durante revista realizada na tarde desta segunda (4) (Foto: G1)

Durante uma revista realizada na tarde desta segunda-feira (4), agentes penitenciários do Presídio Provisório Raimundo Nonato, também conhecido como Cadeia Pública de Natal, apreenderam uma máquina de tatuar dentro do pavilhão A da unidade. Além da máquina, aparelhos celulares e carregadores foram encontrados dentro das celas. Um vídeo filmado dentro da Cadeia Pública mostra o equipamento encontrado na unidade (VEJA VÍDEO ACIMA).

De acordo com o vice-diretor do presídio, Ivis Ferreira, a revista realizada nesta segunda tinha como objetivo procurar possíveis escavações na estrutura da unidade. Segundo o vice-diretor, brocas e serras haviam sido arremessadas em direção ao presídio, mas não chegaram a cair dentro do pavilhão.

“Na semana passada tentaram jogar para dentro três brocas e três serras, mas os pacotes bateram nas telas e caíram do lado de fora dos pavilhões. Daí surgiu a preocupação em identificar a situação nas celas. Felizmente, nenhum túnel foi encontrado”, disse Ivis.

Apenas agentes da unidade participaram da revista. Antes de entrarem no pavilhão A, que foi vistoriado, todos os detentos foram transferidos para o pavilhão B. Ao todo, Além da máquina de tatuar, 23 carregadores, 17 celulares e barras de ferro retiradas da estrutura da unidade foram recolhidas nas celas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário