terça-feira, 5 de abril de 2016

Detento do Sistema Penitenciário Federal morre no Hospital Tarcísio Maia em Mossoró RN


Ramires Roberto da Silva de 22 anos, estava preso no Presídio Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte e foi internado no Hospital Regional Tarcísio Maia a cerca de cinco dias, com problemas de saúde.

O detento morreu por volta de 01h20min desta madrugada de segunda feira 04 de março. Durante o perido em que ele esteve internado em um dos leitos de UTI do HRTM, Agentes Penitenciários Federais faziam a vigilancia do preso 24 horas.

O corpo de Ramires Roberto, está no necrotério do Hospital aguardando providências para que seja transladado para o Rio de Janeiro.

Ele chegou ao presídio Federal de Mossoró em 2015, transferido do Rio. Segundo a Polícia Civil, Ramires fazia parte da facção criminosa Comando Vermelho e era suspeito de participação no assassinato da policial militar Alda Rafael Castilho, da UPP Parque Proletário, e do subcomandante da UPP Vila Cruzeiro, tenente Leidson Acácio, em fevereiro de 2014.

A direção da Penitenciária Federal de Mossoró, ainda não se pronunciou a respeito da morte de Ramires Roberto da Silva.

Fotos: divulgação Polícia Civil
Fim da LInha

Nenhum comentário:

Postar um comentário