terça-feira, 17 de maio de 2016

'Covardia', diz pai de taxista baleado por bandidos na Zona Sul de Natal

Taxista foi baleado na Zona Sul de Natal na madrugada deste domingo (15). Após duas cirurgias, homem segue sedado, inconsciente e internado.

Do G1 RN
Polícia ainda busca pistas dos criminosos (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

"O que eu espero é que ele seja preso, que ele pague e que ele diga porque ele fez isso com meu filho, porque meu filho não merece não. Foi covardia. Covardemente ele atirou". Foi com a voz embargada que o pai do taxista baleado na Zona Sul de Natal na madrugada deste domingo (15) falou sobre o bandido que atirou no filho. O crime aconteceu na Avenida dos Xavantes, no conjunto Cidade Satélite.

De acordo com uma testemunha que preferiu não se identificar, o taxista havia pego um casal de passageiros em uma boate da Zona Sul. A suspeita é que esse mesmo casal tenha cometido o crime.

"Não levaram nada dele, a gente acredita que não foi um assalto porque senão teriam levado pertences dele ou o carro. O que aparenta é um acerto de contas, mas a gente acha que ele foi confundido com outra pessoa, disse o homem.

O caso está sendo investigado pela 11ª Delegacia de Polícia Civil. Segundo a delegada Danielle Filgueira, a polícia está realizando buscas e está definindo as linhas de investigação. "Nós estamos trabalhando com duas possibilidades. Tanto um crime passional, no caso da tentativa de homicídio, tanto em relação a uma tentativa de latrocínio", disse a delegada.

De acordo com a assessoria de comunicação do hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, o taxista passou por duas cirurgias. Ele está inconsciente, sedado e fica internado por tempo indeterminado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Nenhum comentário:

Postar um comentário