sábado, 21 de maio de 2016

Grupo suspeito pelo assassinato de torcedor do América é preso


A 1ª. Delegacia de Polícia Civil de Parnamirim deflagrou a Operação Cartão Vermelho, na manhã desta sexta-feira (20), e prendeu cinco homens e uma mulher que são suspeitos de terem participado do homicídio João Carlos de Bastos, torcedor do América-RN. 
A vítima foi morta no dia 30 de novembro de 2013, quando estava no bairro Liberdade, em Parnamirim. O nome da Operação é uma alusão a participação dos suspeitos em torcidas organizadas. 
Foram detidos Francisco Alexandre Andrade do Nascimento, 20 anos; Carlos Ferreira do Nascimento, 22 anos; Edimilson Pereira do Nascimento, 19 anos; Francisco Carlos Andrade do Nascimento, 23 anos; Jassonali Caroline Tavares da Silva, 19 anos e Rafael de Araújo Gomes. Durante a ação foi apreendido um revólver e munições. 
“Como Rafael de Araújo é cadeirante, o mandado de prisão foi cumprido na residência do suspeito. Ele ficou paraplégico depois de uma troca de tiros que aconteceu entre ele e a Polícia. Nossas investigações também revelaram que um sétimo integrante dogrupo, que já está falecido, conhecido como Eliel Fernandes, também participou do homicídio”, detalhou o delegado titular da 1ª. DP de Parnamirim, Fabio Rogério. 
De acordo com o delegado, o grupo preso hoje está sendo investigado por outros crimes que vêm acontecendo na região. Os seis presos responderão pelos crimes homicídio, associação criminosa e porte ilegal de arma de fogo. 
A ação policial, para dar cumprimento aos mandados de prisão judiciais, foi efetivada por policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor), Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur), Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (Decap), Delegacia de Polícia de Atendimento ao Turista (Deatur) e Delegacia de Polícia Civil de Macaíba.

190/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário