sexta-feira, 27 de maio de 2016

REVISTA SURPRESA NA CADEIA PÚBLICA DE MOSSORÓ APREENDE CELULARES E ACABA COM A FARRA DE PRESOS.


Uma revista surpresa foi realizada pelos Agentes Penitenciários na noite desta quarta feira 25 de maio de 2016, na Cadeia Pública Manoel Onofre de Souza localizada as margens direita da RN 015, sentido Mossoró/Baraúna no Rio Grande do Norte.
Durante a revista foram encontrados cinco aparelhos de telefone celulares, vários chips e dois ferros que poderiam ser utilizados como arma branca.
Também foram localizados apetrechos que são usados para a fabricação de aguardente artesanal conhecida como como *"Maria Louca" acabando com a farra antes mesmo de começar.
*Maria louca é uma aguardente fabricada em Casas de Detenções, produzida secretamente pelos presidiários. A fabricação envolve elaborados processos de fermentação e destilação.
Eles fazem essa bebida, misturando água, arroz, fermento e açúcar, e dominando as artes da fermentação e da destilação, eles produzem a "Maria Louca" Também chamada de "Água de Coco" e "Zulu.


Passando na Hora

Nenhum comentário:

Postar um comentário