sexta-feira, 17 de junho de 2016

Mossoró=Ex-presidiário é executado com oito tiros de pistola em calçada de lanchonete no Belo Horizonte

Vítima



O crime com características de execução, foi registrado por volta da 00h25min desta sexta feira 17 de junho de 2016, em uma Lanchonete localizada no cruzamento da Avenida Rio Branco com a Rua Padre Freire no bairro Belo Horizonte em Mossoró, no Oeste Potiguar. 

A vítima identificada como Paulo Cardoso Jales Júnior, o "Juninho" 28 anos de idade, foi alvejado com oito tiros de pistola calibre 380, não resistiu e morreu no local. 

Testemunhas contaram a Polícia Militar, que Juninho, como era mais conhecido, bebia na calçada da lanchonete em companhia de sua mulher, quando foi surpreendido por homens que chegaram em um veículo tipo Celta de cor Prata e um dos ocupantes que estava encapuzado efetuou os disparos em direção a vítima. 

Os tiros, num total de oito, segundo o perito criminal Dr. Otávio Domingos, atingiram a vítima no rosto, pescoço, tórax e costas tendo morte instantânea. 

Os suspeitos fugiram após o crime, sem serem identificados, em sentido ignorado. A mulher de Juninho conseguiu correr e não foi atingida pelos disparos. 

O Delegado de Plantão Dr. Evandro esteve no local, colhendo informações sobre o crime, conversou com familiares da vítima e foi informado de que Paulo Cardoso, já havia cumprido pena por tráfico de drogas. 

Os familiares informaram também que a vítima,foi acusada de um homicídio, inclusive chegou a ser julgado pelo Tribunal do Juri Popular, mas foi absolvido das acusações. 

Dr. Evandro afirmou que ainda é cedo pra se tirar uma conclusão sobre a motivação do crime. A Delegacia de Homicídio, vai dar sequencia a investigação e durante o inquérito poderá chegar a autoria do crime. 

Após os trabalhos de perícia no local crime, o corpo foi removido para a sede do Instituto Técnico de Perícia (ITE), onde será necropsiado e depois liberado para sepultamento. Este foi o homicídio de número 118 neste ano de 2016, na cidade de Mossoró.

Fim da Linha

Nenhum comentário:

Postar um comentário