sábado, 9 de julho de 2016

Com 22 presos, polícia encontra escavação em cela na Plantão Zona Sul

Buraco em parede foi achado após denúncia.
FOTO: THYAGO MACEDO

A Delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal, localizada em Candelária, está com superlotação de presos, tendo 22 presos, e, na manhã desta sexta-feira (8), a polícia descobriu um plano de fuga. Uma denúncia anônima levou os policiais a encontrarem uma escavação em uma das paredes da cela.

Os presos estavam abrindo um buraco e iriam sair no alojamento dos policiais civis que trabalham na unidade. O local é onde os policiais guardam pertences pessoais, inclusive armas, bem como tiram horário de descanso.

"Se eles tivessem conseguido abrir esse buraco e sair no alojamento não saberíamos o que podia ter acontecido. Isso porque nós trabalhamos atendendo a população e não temos que custodiar presos, mas infelizmente estamos com essa situação. O risco de fugas é constante, colocando em risco os policiais e a própria população que mora em Candelária", afirma um policial, que terá identidade preservada.

Na manhã desta sexta-feira, o Sindicato dos Policiais Civis também esteve na Plantão Sul, justamente no momento em que a denúncia sobre a possível fuga chegou.

"Estamos cobrando das autoridades há vários meses que essa cela seja desativada. Já há registros de outras fugas e se a situação não for resolvida com certeza haverão outras. Além da superlotação, as condições de trabalho dos policiais estão precárias. O alojamento está com as paredes comprometidas, os arquivos estão sendo atingidos por água da chuva e a própria estrutura de atendimento à população é mínima", afirma Paulo César de Macedo, presidente do SINPOL-RN.

Portal BO

Nenhum comentário:

Postar um comentário