quinta-feira, 21 de julho de 2016

Trio é preso com armas de uso restrito, munições de fuzil e carro blindado durante operação da Denarc em Mossoró





Três suspeitos de envolvimento com ações criminosas, foram presos na tarde desta quarta feira 20 de julho de 2016, durante uma operação realizada por agentes da Delegacia de Combate ao Narcotráfico (DENARC), no bairro Aeroporto II em Mossoró na região Oeste Potiguar. 

Segundo o Delegado André Albuquerque, que comandou a operação, o que chamou a atenção da Polícia Civil, foi o fato de que em uma residência, localizada a Rua Antônio Januário de Freitas, havia uma intensa movimentação diária de pessoas e também a existência de veículos com placas de outros estados que ficavam estacionados na frente da casa. 

Diante dos fatos, de acordo com o delegado, a Polícia Civil passou a investigar e na tarde desta quarta feira, montou uma campana, nas proximidades e no momento oportuno resolveu fazer uma abordagem ao imóvel. 

Durante a abordagem realizada na residências, os agentes encontraram duas Pistolas, uma Ponto 40 e outra 9 milímetros, de uso restrito das forças de segurança, que estavam escondidas no fundo falso de um guarda roupas, além de uma grande quantidade de munições para Fuzil 762, ponto 40, 9mm e 380 e uma quantia de 4 mil reais em espécie.

Três pessoas que estavam na casa receberam voz de prisão e foram encaminhados a sede da Denarc. Eles foram identificados como: Francisco Gildo Gonçalves da Silva Júnior, Thiago Henrique de Souza Silva e Rafael Robson de Souza Gomes.

A Polícia apreendeu ainda quatro veículos, sendo um Honda Civic, Blindado, com placas de João Pessoa/PB, um Pegeot 207, com placas de Fortaleza/CE uma Saveiro com placas de Mossoró/RN e uma Moto com placa de João Pessoa/PB.

Os três, que que segundo a Polícia, já tem passagem pela polícia, por tráfico de drogas e assalto e associação criminosa, nos estados do Ceará e Rio Grande do Norte, foram ouvidos pelo Delegado Regional Dr. Dênys Carvalho e autuados por porte ilegal de arma de uso restrito e associação criminosa.

O Delegado Geral da Polícia Civil do Rio Grande do Norte Dr. Clainton Pinho acompanhou os depoimentos. Após os procedimentos, eles foram encaminhados ao ITEP para exames de corpo de delito e depois conduzidos à Cadeia Pública onde ficarão a disposição da Justiça.

Fim da Linha

Nenhum comentário:

Postar um comentário