quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Apodi=Mototaxista é preso ao tentar entrar no CDP com droga escondida em fundo falso de pote de manteiga.


Um mototaxista foi preso quando tentava entrar no Centro de Detenção Provisória de Apodi – Agente Ronilson Alves da Silva (CDP Apodi), com drogas escondidos dentro de um pote de manteiga. 

A droga foi encontrada, durante revista realizada pelos agentes Moises Medeiros, Wantier Gois, Roberto Junior, Kaio Pinheiro. Os agentes perceberam que o pote de manteiga, tinha um fundo falso, onde a droga estava escondida. 

Na sacola, com a feira que o mototaxista, Francisco Pedro Alves de Lima, 20 anos, natural de Apodi, morador da Baixa do CAIC, zona periférica da cidade, entregou para os agentes penitenciários fazer a revista, tinha o nome do detento Francisco das Chagas Junior “Junior Chapa”. 

O mototaxista, já tem o pai, e mais dois irmãos, cumprindo pena na carceragem do Centro de Detenção Provisória de Apodi, acusados de envolvimento com trafico de drogas, homicídio e violência doméstica. 

Flagranteado, o mototaxista se juntará ao pai, e mais dois irmãos, na carceragem do estabelecimento penitenciário e aguardará por decisão judicial. 

O mototaxista, disse em depoimento na Delegacia de Policia Civil de Apodi, e aos Agentes Penitenciários, que foi acionado para fazer um frente, por uma proprietária de um mercadinho localizado no bairro Lagoa Seca. “A comerciante me pediu para deixar á feira no CDP Apodi, se eu soubesse que tinha droga, jamais eu teria feito esse frete”, disse o mototaxista Pedro Alves. 

O do detento Francisco das Chagas Junior “Junior Chapa”, foi ouvido pelos policiais e agentes penitenciários, assumiu que a droga era para ele e que o mototaxista não tinha culpa de nada. 

Quarta-feira é o dia de visita no CDP de Apodi. De acordo com o diretor da unidade, Márcio Moraes, todo o material levado pelos visitantes passam por uma rigorosa revista. "A manteiga estava congelada. Quando os agentes passaram a faca perceberam o fundo falso do pote de manteiga, onde acharam a droga", disse o diretor da unidade penitenciaria, Agente Márcio Morais. 

Ainda de acordo com o diretor, havia 62 gramas de maconha. O flagrante foi feito pelo delegado de Apodi, Renato Oliveira. Em relação ao detento que receberia a droga, Márcio Moraes afirmou que será aberta uma sindicância na unidade prisional para apurar os fatos. 

O Vale do Apodi

Nenhum comentário:

Postar um comentário