terça-feira, 9 de agosto de 2016

DEHOM cumpre mandado de prisão contra agricultor acusado de homicídio na zona rural de Mossoró


A escopeta 12 usada no crime foi apreendida pela equipe da DEHOM na casa do acusado

Agentes da Delegacia de Homicídios cumpriram na tarde da última sexta feira 05 de agosto um mandado de prisão preventiva, expedido pela Justiça em desfavor de Josivan Alves de Medeiros, "Van "Valente" acusado de matar um jovem por causa de um fogo em um lixão. 

O crime aconteceu no dia 30 de dezembro de 2015, na comunidade de Cordão de Sombras, zona rural de Mossoró e teve como vítima, Alamo Ramon Matias, mais conhecido como "Maninho, 18 anos. (RELEMBRE O CASO) 

Segundo a DEHOM o crime foi motivado por causa de um fogo em um lixão naquela comunidade. Alamo teria ateado fogo em um monte de entulhos no quintal de sua casa, mas a fumaça imcomodou os vizinho, gerando uma confusão. 

Ainda de acordo com o que apurou a equipe de investigadores da DEHOM no inquérito policial, Josivan Alves usando uma espingarda calibre 12 atirou duas vezes em Alamo acertando o mesmo em cheio. 

A vítima foi atingida com os dois disparos e ainda chegou a ser socorrida por populares para o Hospital Tarcísio Maia, mas ao chegar no Posto da PRF na saída para Natal, acabou morrendo quando era transferido para uma ambulância do Samu. 

Durante a confusão, uma outra pessoa identificada como Francisco André Matias, também foi baleado e socorrido para o HRTM Maia e sobreviveu aos ferimentos. 

Após receber a determinação da justiça para prender o acusado do crime, a equipe da DEHOM foi até o sítio Cordão de Sombas onde localizou e prendeu Josivan Alves, que de imediato foi encaminhado à Cadeia Pública onde está a disposição o judiciário.

Fim da Linha

Nenhum comentário:

Postar um comentário