segunda-feira, 5 de setembro de 2016

DEFUR e DIVPOE prendem dupla com armas de fogo suspeita de furtar fertilizante de empresa agrícola na zona rural de Mossoró



Por volta das 19h30min desta noite de sexta feira 02 de setembro, agentes da Divisão de Polícia do Oeste (DIVPOE) e da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR), realizavam diligências no sentido de coibir furtos nas empresas agrícolas da região da Maísa, na zona rural de Mossoró/RN, quando perceberam a entrada de dois indivíduos em uma moto com faróis apagados, no interior da empresa agrícola Famosa. 

Os agentes acharam estranho a atitude dos indivíduos e resolveram realizar campana à espera da saída dos dois. Quando eles deixaram o interior da empresa foram abordados e para surpresas dos agentes os suspeitos estavam furtando fertilizantes da empresa a qual eles eram funcionários. 

Com eles foram encontrados cerca de cinco galões de fertilizantes, e ao serem revistados, os policiais encontraram com a dupla dois revólveres calibre 38 municiados. De acordo com o delegado Luiz Fernando, para ter acesso a empresa, ele fizeram cópias das chaves dos cadeados.

Segundo o agente Cláudio Carvalho, da divpoe, a equipe recebeu várias denúncias dos proprietários das empresas de que vinha acontecendo constantes furtos e que os prejuízos já chegam a mais de 10 mil reais. 

O material apreendido com os suspeitos na noite desta sexta feira (02) foi avaliado em 1500 reais. O agente da Divpoe afirmou ainda que os trabalhos de combate as ações criminosas nas empresas agrícolas naquela região, vão continuar e que quem for pego praticando esse tipo de delito com certeza vai ter o mesmo destino da dupla.. 

Os dois suspeitos, que são maiores de idade, foram encaminhados à Delegacia de Plantão para procedimentos na forma da lei. Eles foram identificados como, Jandilson da Silva, conhecido como "Fininho" e Alisson Pedro dos Santos Marques, moradores da Vila Maísa. 

Os dois foram autuados em flagrante por furto qualificado e posse ilegal de arma de fogo e encaminhados à Cadeia Pública onde ficarão a disposição da justiça.

Fim da Linha

Nenhum comentário:

Postar um comentário