quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Primos acusados de matar açougueiro no Alto São Manoel São presos durante operação da DHPP.

Rafael Mariano e Wesley Patrick negam envolvimento no assassinato do açougueiro Mário Sérgio

Dois suspeitos de envolvimento em crime de homicídio na área do Pirrichil, foram presos durante uma operação da Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) com apoio da Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações(DEFD), realizada no início da manhã desta quarta feira 21 de setembro em Mossoró. 

Wesley Patrick Ribeiro de Souza com 21 anos de idade e seu primo Rafael Mariano Ribeiro,26 anos foram presos no mesmo bairro mas em locais diferentes, em cumprimento de mandados de prisão expedidos pela justiça da comarca de Mossoró. 

Wesley Patrick foi preso na Avenida Olivério Olimpo e reagiu a prisão tentando fugir do cerco policial, mas sem êxito. Já Rafael Mariano foi capturado na Rua Francisco Holanda e não reagiu. 

Os dois são apontados pela investigação da DHPP como autores do homicídio em que foi vítima o açougueiro Mário Sérgio da Silva de 27 anos, crime ocorrido no dia 30 de abril deste ano de 2016, na Rua Olinda, por trás do colégio Manoel João no Alto São Manoel em Mossoró/RN. (RELEMBRE O CASO)

O açougueiro, que segundo a polícia não tinha envolvimento com o crime, foi morto com cerca de cinco tiros na calçada de sua casa. A motivação do crime, seria por causa da velha rixa entre Papôco e Pirrichil. 

Após ser presos os dois primos foram conduzidos a sede da DHPP e depois dos procedimentos realizados pelo delegado Rafael Arraes, encaminhados ao ITEP para exame de corpo de delito e depois recambiados para a Cadeia Pública Municipal onde ficarão a dispoisição da Justiça.

Mário Sérgio da Silva foi baleado em via pública e morreu na calçada de sua casa no Alto São Manoel.

Fim da Linha

Nenhum comentário:

Postar um comentário