terça-feira, 27 de setembro de 2016

QUATRO CANDIDATOS A POLÍCIA MILITAR DO CEARÁ SÃO PRESOS POR FRAUDE NO CONCURSO.

Fiscal de sala identificou uso de aparelho e denunciou candidato à PM. Concurso para PM do Ceará tem 4,2 mil vagas e salários de R$ 3.134,58.
Candidato foi visto por fiscal com ponto eletrônico e levado preso (Foto: Polícia Civil/Divulgação)


Quatro candidatos à Polícia Militar do Ceará foram presos neste domingo (25) por fraude no concurso para ingressar na corporação, realizado em Fortaleza. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, os suspeitos utilizavam ponto eletrônico. De acordo com a Polícia Civil, um dos suspeitos foi flagrado no local de prova utilizando o aparelho. Ele foi preso também com o gabarito da prova. Os policiais ainda não confirmaram com os organizadores do certame se ele portava o gabarito oficial da prova; caso seja confirmado, será investigado também como as respostas foram vazadas. 

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o homem preso seria o responsável por passar as respostas a outros candidatos, que também utilizariam o ponto eletrônico para manter comunicação. A organização do concurso afirma que reforçou a fiscalização para tentar identificar candidatos que estejam utilizando ponto ou equipamentos eletrônicos de comunicação. Uma das prisões ocorreu no Centro de Ensino Técnico, na Avenida Tristão Gonçalves, após o fiscal da sala identificar o uso do aparelho. O candidato saiu do localalgemado e foi levado à Delegacia de Defraudações e Falsificações, no Centro de Fortaleza.
Concurso da PM 
A prova do concurso da Polícia Militar acontece neste domingo (25), em Fortaleza. De acordo com a organização do concurso, ao todo, 80.450 candidatos irão concorrer às 4.200 vagas de soldado. O salário inicial do cargo é de R$ 3.134,58. As provas serão realizadas em 95 locais diferentes em Fortaleza e o candidato deverá verificar o local da prova e imprimir o cartão de informação no site do Instituto AOCP, empresa organizadora do certame. 

G1-CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário