terça-feira, 6 de setembro de 2016

Suspeito de matar gari é preso pela DENARC, confessa o crime e diz que a vítima foi alvejada por engano


Um trabalho de investigação sobre um suposto tráfico de drogas realizado na tarde desta segunda feira 05 de setembro pela equipe da Delegacia de Combate ao Narcotráfico (DENARC), no bairro Santo Antônio em Mossoró, culminou com a prisão de um homicida confesso. 

Abdiel da Silva Domiciano de 22 anos, estava sendo investigado por tráfico de drogas, mas durante a batida dada na casa dele pela Narcóticos, não foi encontrado entorpecente mas sim um colete balísitico, o que levantou ainda mais as suspeitas de seu envolvimento com ações criminosas. 

Ele foi conduzido à sede da Denarc e durante depoimento ao delegado Teixeira Júnior, acabou confessando que matou o Garí, Lucas Serafim Saraiva, de 18 anos e tentou contra a vida do outro garí, Reginaldo Aquino da Silva Junior, de 23 anos, que também foi baleado e continua internado no HRTM. 

Ele disse ao Dr. Teixeira Júnior, que Lucas, morreu por que passou na frente quando ele atirava em Reginaldo, mas que ele não tinha intenção de matá-lo, pois seu alvo era mesmo Reginaldo. Ele confessou também que foi matar Reginaldo porque o mesmo tentou contra sua vida no ano de 2010 chegando inclusive a alvejá-lo com tiros.

O crime aconteceu na noite de quarta feira 31 de agosto, na Rua José Vitor de Carvalho, no bairro Santo Antônio. As vítimas estavam trabalhando na coleta do lixo domiciliar, quando foram baleados. Lucas foi socorrido no próprio carro do lixo para UPA do bairro, mas não resistiu e morreu. 

Já Reginal foi foi inicialmente socorrido pela Polícia de Trânsito e depois transferido para uma ambulância de Suporte Avançado do Samu e levado as pressas para o HRTM onde continua internado. 

Abidiel confessou ainda que a arma usada no homicídio e na tentativa era uma pistola 380, que ele havia tomado emprestado a Kledson Araújo da Silva, morto na última sexta feira,durante um assalto no bairro Nova Betânia, mas que após o crime devolveu a arma. Ele disse ainda que comprou o colete balístico a Kledson Araújo. 

O delegado Teixeira Junior, informou que já identificou a procedência do Colete balístico. O mesmo foi roubado de um vigilante dos Correios de Baraúna durante um assalto aquela agência. 

Abidiel vai ser autuado em flagrante delito na Denarc por receptação. Já em relação ao homicídio consumado e homicídio na forma tentada, será encaminhado a Divisão de Homicídio e Proteção a Pessoa DHPP que dará prosseguimento a Investigação.

Fim da Linha

Nenhum comentário:

Postar um comentário