quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Força Nacional reforça policiamento em áreas indicadas por estatísticas

Mais de 300 pessoas e 100 veículos foram abordados e revistados.

Policiais da Força Nacional de Segurança Pública que estão atuando no Rio Grande do Norte em apoio as forças de segurança do estado mantiveram na nesta terça-feira (11) e madrugada de hoje (12) a intensificação do patrulhamento em áreas de maiores incidências criminais das cidades de Mossoró e Natal. Mais de 300 pessoas e cerca de 100 veículos em atitude suspeita foram abordados e revistados. Dois adolescentes e um simulacro de arma de fogo foram apreendidos.

Na cidade de Mossoró em apoio ao Comando de Policiamento do Interior da Polícia Militar do RN (CPI), a Força Nacional atuou nos bairros indicados pela Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais (COINE) como sendo áreas críticas, como nos bairros Abolições, Malvinas, Santa Helena, Pichirriu, Barrocos, entre outros. Em Mossoró, 169 suspeitos e 63 veículos foram abordados.

Em Natal, os bairros com estatísticas criminais mais elevadas também estão recebendo um reforço do policiamento da Força Nacional. Um total de 135 abordagens a pessoas e 43 veículos em atitude suspeita foram realizadas nos bairros Nossa Senhora da Apresentação, Alecrim, Redinha, Lagoa Nova, Pajuçara, Cidade Nova e Felipe Camarão. Na ação, dois adolescentes e um simulacro de arma de fogo foram apreendidos após abordagem ao interior de um ônibus coletivo. Os adolescentes e a arma foram conduzidos à Delegacia de Plantão da zona Norte para os devidos procedimentos.

A expectativa é que as operações possam sejam mantidas nos próximos dias, ampliando para outros municípios. A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) tem monitorado as ações que visam a redução dos índices de criminalidade no estado.

Saiba mais
A portaria que autorizou o emprego da Força Nacional no RN foi publicada no dia 13 de setembro no Diário Oficial da União, em resposta a uma solicitação do Executivo estadual. O documento foi assinado pelo Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes. Mais de 110 militares da Força Nacional atuarão no RN pelo período de 60 dias.

Portal BO

Nenhum comentário:

Postar um comentário