terça-feira, 11 de outubro de 2016

Mossoró=Montador de moveis sai de casa para comprar lanches pra família e é morto no meio da rua no Papoco



Mais uma morte que a polícia acredita que esteja relacionada a briga envolvendo grupos rivais do Papoco e Pirrichil em Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte. 


No início da noite de ontem, 10 de outubro, Antônio Wellington Galdino Filho, de 19 anos de idade, foi assassinado quando retornava para a casa de sua sogra, na Rua Martins Júnior, bem próximo de onde foi morto, na Rua João de Bento, no Papoco. 

Segundo informações, Wellington Filho, que trabalhava como montador de moveis, chegou do trabalho, deixou a esposa com uma criança na casa da sogra e saiu para comprar um lanche. Ele foi surpreendido e morto com tiros de pistola 380 a caminho da lanchonete. 

A polícia foi informada por populares que um indivíduo de motocicleta foi visto saindo do local com uma arma na mão, logo após o crime. 

A polícia também foi informada que o rapaz era trabalhador, não tinha inimigos e nem envolvimento com crime e que pode ter sido morto por membros dos grupos rivais, numa briga antiga, envolvendo gangues de jovens dos bairros Papoco e Pirrichil, que vem dominando os informativos policiais de Mossoró dos últimos dias. 

A família não sabe a quem atribuir a autoria do crime, mas não descarta a possibilidade do jovem ter sido morto por engano. Segundo um familiar, Wellington Filho, tinha um amigo envolvido com vários delitos na região e vez por outra era ameaçado de morte.


O Câmera

Nenhum comentário:

Postar um comentário