quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Mossoró=Atentado a tiros deixa filho morto e pai baleado no bairro Barrocas

Vítima fatal

A Polícia Militar registra nesta manhã de quarta feira, 02 de novembro de 2016, mais uma morte violenta provocada por disparos de arma de fogo em Mossoró no Oeste do Rio Grande do Norte. 

O crime aconteceu por volta das 10h:00mim na Rua Arthur Bernardes no bairro Barrocas, onde uma pessoa identificada como Elias Azevedo da Rocha, conhecido como Mimiu de 29 anos de idade foi alvejado com disparos de arma de fogo, não resistiu e morreu no local, antes da chegada do socorro médico. 

O pai dele identificado como Emídio Azevedo da Rocha 70 anos também foi baleado e atingido com cerca de quatro tiros e socorrido por populares para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Santo Antônio e depois de receber os primeiros socorros, foi transferido pelo Samu para o Hospital Regional Tarcísio Maia e segundo informações o estado de saúde dele é considerado grave. 

Informações repassadas pela Polícia Militar, apontam que pai e filho estavam na calçada da residência quando foram surpreendidos por homens que chegaram em uma Camioneta tipo Hilux de cor branca e efetuaram os disparos. Após o crime os suspeitos fugiram em sentido ignorado e não foram identificados. 

A Polícia Militar informou que Mimiu como era mais conhecido, já respondeu processo na justiça por Crimes do Sistema Nacional de Armas e desconhece a motivação do do atentado. 

Após o isolamento do local de crime realizado pela PM, o corpo de Mimiu foi removido para a sede do ITEP onde será necropsiado e depois liberado para sepultamento. A perícia criminal identificou três perfurações de bala no corpo da vítima, mas não soube precisar o calibre da arma, uma vez que não foram encontradas capsulas no local. 

Este foi o homicídio de número 189 registrado em Mossoró, neste ano de 2016 e mais um caso para ser investigado em inquérito policial pela Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).
Emídio Azevedo da Rocha,70 anos foi a baleado durante o atentado que matou seu filho

Fim da Linha

Nenhum comentário:

Postar um comentário