sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Polícia Militar prende na Favela do Fio suspeitos de envolvimento em arrastões em Mossoró


Uma ação conjunta envolvendo as VTRs 232 (Cabo Arimateia e Soldado Ibraim) e 233 (Cabos Emanuel e Ocimar) realizada na manhã desta quinta feira 29 de dezembro na Favela do Fio em Mossoró RN, resultou na prisão de quatro indivíduos e apreensão de um menor de 17 anos, suspeitos de envolvimento em arrastões que vem ocorrendo nos últimos dias na cidade. 

Os policiais chegaram aos suspeitos que foram localizados em duas casas na Favela, através de denuncias anônimas. Vários objetos de vítimas de assaltos, como celulares, carteiras de cédulas com documentos e cartões de créditos e bolsas femininas foram apreendidos com os suspeitos. 

Os presos foram: Yêgo Alves Pereira, de 21 anos de idade, (investigado em homicídio) Leonardo Bastos Cardoso (ex-presidiário) de 28 anos, Ramon Henrique da Rocha,19 anos e Fabrício Clementino do Nascimento de 25 anos. (liberado após ser ouvido)

Um adolescente de 17 anos e uma mulher que estavam nas casas foram encaminhados juntamente com os outros suspeitos e os objetos apreendidos à Delegacia de Furtos e Roubos onde estão a disposição da Polícia Judiciária que adotará as medidas cabíveis. 

Segundo informações da Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), Leonardo Bastos que saiu recentemente da prisão, está sendo investigado em um duplo homicídio ocorrido em outubro desse ano, em um espetinho no Parque das Rosas, onde foram mortos, o dono do espetinho, José Carlos Justino de 41 anos e a adolescente de 17 anos Paloma Vitória de Lucena Jerônimo. (Relembre o Caso)

Ainda de acordo com a DHPP Yêgo Alves Pereira também é investigado em um homicídio ocorrido em novembro passado no bairro Malvinas onde foi vítima Gean Carlos (Relembre). Ele foi ouvido nesta tarde sobre o homicídio, mas negou o crime

Os Policiais apreenderam ainda três motos roubadas, que estavam escondidas em uma residência próxima onde estavam os suspeitos presos.

Leonardo Bastos é investigado pela DHPP em duplo homicídio





Fim da Linha

Nenhum comentário:

Postar um comentário