sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Sete adolescentes fogem de Ciad na Zona Oeste de Natal

Fuga aconteceu no início da tarde desta quinta-feira (2). Segundo coordenador da unidade, uma das guaritas estava desativada.

Beatriz Vital Do G1 RN
Ilustrativa

Sete adolescentes fugiram do Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Acusado de Ato Infracional (Ciad) da Cidade da Esperança, na Zona Oeste de Natal, no início da tarde desta quinta-feira (2). Um deles foi recapturado logo após a fuga e seis continuam foragidos.

Os fugitivos estavam em sala de aula e renderam um educador e um professor com um estilete improvisado com uma lâmina de barbear, de acordo com o coordenador da unidade, o major José Deques. "Há praticamente um ano não aconteciam fugas", disse ao G1.

Segundo o major, os adolescentes fugiram da sala pelo buraco do ar-condicionado e escalaram o muro dos fundos da unidade. Um dos fugitivos teria se machucado ao pular do muro e foi logo recapturado. O coordenador disse também que a guarita dos fundos do Ciad estava desativada por falta de efetivo.

'A fragilidade na segurança externa é muito grande'
De acordo com Tomázia Isabel, diretora técnica da Fundação Estadual da Criança e do Adolescente (Fundac), a Justiça determinou que três policiais militares pratrulhem a área externa, mas nem sempre a decisão é cumprida.

"A fragilidade na segurança externa é muito grande", afirma a diretora, que atribui a falta de efetivo à crise do sistema prisional potiguar. Só neste ano, presos se rebelaram em três unidades prisionais do estado. Pelo menos 26 morreram em um massacre na Penitenciária de Alcaçuz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário