quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Sobe para 11 o número de homicídios em Ceará Mirim, entre a noite da segunda e a madrugada dessa terça


Sobe para onze o número de mortes na cidade de Ceará-Mirim, município da Grande Natal. As mortes aconteceram após o assassinato de um sargento da Polícia Militar, que foi executado com tiros pelas costas na noite desta segunda-feira (20). Jackson Sidney Botelho Matos, de 42 anos, trabalhava no 11º Batalhão.
O delegado Ben-Hur Cirino de Medeiros, titular da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), confirmou que mais um corpo foi achado na tarde desta terça, mas disse que o caso ainda está com a delegacia de Ceará-Mirim. Esta é a 11° pessoa assassinada na cidade deste a noite da segunda.
O G1 tentou contato com a Delegacia da cidade, mas as ligações não foram atendidas. Ainda não se sabe a relação entre as mortes.
Nove corpos foram recolhidos pelo Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) na manhã desta terça. Um homem chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do hospital. Questionada à cerca de uma eventual represália por causa da morte do sargento, a assessoria de comunicação da Polícia Militar disse que a Polícia Civil vai investigar o caso e que a corporação só vai se pronunciar após a conclusão dos inquéritos.
O sargento Botelho não estava trabalhando quando foi assassinado. Homens armados se aproximaram em um veículo e dispararam nas costas do policial, que estava em uma lanchonete. Ele morreu no local. Nenhum suspeito foi preso até o momento.

G1/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário