quinta-feira, 30 de março de 2017

Fugitivo de Alcaçuz, condenado por morte de arquiteto no RN é preso em PE

Willame Albando tinha fugido de Alcaçuz durante rebeliões em janeiro (Foto: Divulgação / Polícia Civil)

O foragido de Alcaçuz Willame Albano da Silva, mais conhecido como “Bileco", foi preso nesta quarta-feira (29) por policiais civis do Rio Grande do Norte, com apoio da polícia pernambucana. A prisão aconteceu em Recife.

Willame, que é condenado pela morte do arquiteto Petronyo Ulisses da Costa, assassinado em junho de 2013, em João Câmara, tinha fugido de Alcaçuz durante as rebeliões em janeiro. Ele estava preso no Pavilhão 5 daquela unidade.

A ação da prisão ação foi realizada pela equipe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Recife, em conjunto com 5ª Delegacia de Homicídios e do Núcleo de Inteligência da Polícia Civil do Rio Grande do Norte (NIP).

Willame foi preso usando um documento falso. Durante a prisão, foram apreendidos com ele drogas, um revólver calibre 357, e cinco celulares.

Arquiteto Petronyo Costa foi assassinado em 2013, em João Câmara (Foto: Igor Jácome/G1)

O arquiteto Petronyo Costa desapareceu na noite de 4 de junho de 2013, após ter saído de um bar, localizado na cidade João Câmara. No dia 6 de junho, o carro da vítima foi achado em Natal. No dia 7 de junho daquele ano, o corpo do arquiteto foi encontrado na zona rural da cidade de Poço Branco. As investigações realizadas pela Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (Decap) revelaram que o autor do latrocínio era Willame.

O então suspeito foi preso no dia 17 de junho de 2013 pela Polícia Civil do RN, quando estava na cidade de Passa e Fica. Na época, ele confessou que matou o arquiteto enforcado, quando estavam em um motel.

Em janeiro de 2016, Willame foi condenado a 24 anos de prisão e, por isso, encaminhado para a penitenciária de Alcaçuz, ficando lá até janeiro deste ano, quando conseguiu escapar. 

G1 RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário