segunda-feira, 13 de março de 2017

Mais um fugitivo de Alcaçuz é preso por morte de PM em shopping no RN

Francisco Danilo é o quarto suspeito preso pela morte do soldado Pessoa. Policial foi morto durante assalto a joalheria em shopping de Natal.

Mais um fugitivo da Penitenciária Estadual de Alcaçuz foi preso suspeito de participar do assalto que terminou com a morte do policial militar Daniel Pessoa, em Natal. O PM foi morto durante um assalto a uma joalheria em janeiro.

O preso chama-se Francisco Danilo Nunes Aquino. Ele é o quarto suspeito de envolvimento no crime. A prisão aconteceu neste domingo (12) no bairro Cajupiranga, em Parnamirim, cidade da Grande Natal.


De acordo com policiais civis da Delegacia Especializada em Furtos e Roubo (Defur), no momento da prisão, Francisco, correu para a cozinha da casa e ficou escondido dentro de uma geladeira. Durante o interrogatório ele confessou que é foragido do pavilhão cinco da penitenciária de Alcaçuz durante as rebeliões ocorridas em janeiro. E confessou que participou do latrocínio que terminou com a morte do soldado Pessoa.

De acordo com a Polícia Civil, Francisco Danilo foi o idealizador do assalto à joalheria. No assalto, ele rendeu o segurança e começa a praticar o assalto quando o policial entra e atingido pelos tiros efetuados por Edivaldo Moura do Nascimento Neto. Depois dos disparos é ele quem pega a arma do Policial e sai correndo em fuga. O vídeo acima mostra o momento em que o PM Daniel Oliveira Pessoa é baleado.

A operação foi batizada de 'Covardia', já que o policial foi morto com tiros disparados pelas costas. Na primeira fase da operação, a arma roubada do policial foi encontrada com os dois homens presos em São Gonçalo do Amarante. Com Jesus Alisson Cavalcanti foi encontrada a arma do policial. “Durante o crime, não satisfeitos em matar, eles ainda roubaram a arma do policial”, relatou a delegada. Com Thiago Balbino da Fonseca, foram encontrados grampos usados para furar pneus de carros.

Portal G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário