quarta-feira, 29 de março de 2017

Policiais e Bombeiros poderão realizar acampamento na frente da Governadoria na quarta-feira (29).

A categoria participou de uma caminhada para pedir celeridade nas decisões de pautas ao governo.
Policiais e Bombeiros acampam em frente à Governadoria a partir da próxima quarta-feira (29)

Os policiais e bombeiros militares realizaram uma grande caminhada nesta segunda-feira partindo do Clube Tiradentes (Alecrim) até a Governadoria no Centro Administrativo. A movimentação chamou atenção da população para as reivindicações da categoria que não são atendidas pelo Governo Estadual.

Ao chegar na Governadoria, os representantes das associações ligadas a PM e BM se reuniram com a chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, a reunião contou também com os comandos das duas corporações. Foram discutidos quatro principais pontos da pauta de reivindicações, o executivo estadual se comprometeu em atender as demandas, porém, sem prazo definido:

- Reforma Previdenciária: o governador se comprometeu junto ao Comandante Geral da PM que irá retirar os militares e pensionistas da mensagem 118 que compõe a Reforma da Previdência Estadual;

- Lei das Diárias Operacionais: foi pedido com celeridade um parecer da Controladoria Geral do Estado (CGE) para que o processo volte ao Gabinete Civil e então seja encaminhado para votação na Assembleia Legislativa;

- Lei de Ingresso: será realizada uma reunião nesta terça-feira às 14h no Comando Geral da PM para fazer adequações ao texto do projeto;

- Lei da Organização Básica (LOB): a secretária chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha pediu urgência no parecer da Consultoria Geral do Estado para que o processo siga os trâmites burocráticos até o encaminhamento para votação na Assembleia Legislativa;

O presidente da Associação dos Cabos e Soldados da PM do RN, Roberto Campos comentou sobre a reunião com o governo. “Nós esperávamos mais do que promessas, nós gostaríamos de ter saído da reunião com prazos e datas para cumprimento dos anseios da categoria”.

Diante da falta de datas concretas por parte do executivo estadual, policiais e bombeiros militares vão acampar em frente à Governadoria como forma de pressionar o cumprimento das promessas. Caso a pauta não seja atendida está prevista uma paralisação para terça-feira (04).

Portal BO

Nenhum comentário:

Postar um comentário