quarta-feira, 26 de abril de 2017

Divisão de Homicídios esclarece chacina praticada em baile funk em Mossoró.

Delegado Rafael Arraes diz que chacina está elucidada

A Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) de Mossoró, através do seu delegado Dr. Rafael Arraes reuniu a imprensa na tarde desta terça feira 25 de abril, para falar sobre a conclusão das investigações sobre a chacina do baile Funk,ocorrida no dia 11 de março deste ano onde cinco pessoas foram brutalmente assassinadas. (RELEMBRE) 

Segundo Arraes, os cinco envolvidos na matança foram identificados e três deles estão presos. São eles: Francisco Josenilson Silva (John), Felipe Martins dos Santos (Play Boy) e Marlon Bruno da Silva Nascimento, (Shampoo).

Os outros dois envolvidos, um é menor de idade e o outro, identificado como Abdiel da Silva Domiciano (Galadinho) está foragido. De acordo com o Dr. Rafael Arraes, existem três mandados de prisão por homicídios contra Abdiel. 

O caso do menor envolvido na chacina passou para responsabilidade da Delegacia Especializada em Apoio ao Adolescente (DEA), informou Arraes.

Todos os envolvidos na chacina, segundo a polícia são da facção criminosa Sindicato do Crime/RN e a motivação da matança foi briga da facção Sindicato contra o PCC. (Primeiro Comando da Capital)

ENVOLVIDOS NA CHACINA
Foto tirada momentos antes da chacina (Divulgação Polícia Civil)
Felipe Martins, Francisco Josenilson e Marlon Bruno da Silva "Shampoo" já estão na prisão
Abdiel da Silva Domiciano está sendo procurado
Fim da Linha

Nenhum comentário:

Postar um comentário