terça-feira, 25 de abril de 2017

Mossoró=Pedreiro é perseguido e morto no quinta de residência no Santa Helena


A Polícia Militar registrou na noite desta segunda feira 24 de abril de 2017, mais um crime de Homicídio por arma de fogo em Mossoró no Oeste do Rio Grande do Norte. 

O crime foi registrado por volta das 19h30min, na Rua Jorge Alves da Silva, no loteamento Santa Helena, zona Norte da cidade. 

A vítima, o pedreiro Antônio de Oliveira Alves de 38 anos de idade, foi morto com quatro tiros de pistola 380, dentro do quintal de uma residência. 

Segundo informações repassadas pela PM, Antônio de Oliveira, tinha acabado de sair da casa de sua mãe e se dirigia a pé para sua reidência na mesma rua, quando foi interceptado por dois homens de moto e usando capacetes. 

Ao ser abordada, a vítima correu para escapar dos inimigos e entrou em uma casa que estava com as portas abertas, mas foi perseguido por um dos indivíduos e executado no quintal da casa. 

De acordo com a perícia criminal, Antônio Oliveira foi atingido com quatro tiros de pistola calibre 380, sendo 01 na perna, 02 nas nádegas e 01 na cabeça, todos disparados pelas costas

Durante os disparos, uma mulher moradora da casa, acabou sendo ferida por bala perdida, com um disparo no pé. Ela foi socorrida por populares para a UPA do bairro Santo Antônio e depois transferida pelo Samu para o HRTM e não corre risco de morrer. 

Familiares de Antônio Oliveira Alves estiveram no local do crime e informaram à Polícia, que não sabem a que atribuir o assassinato do pedreiro, uma vez que desconhecem qualquer envolvimento dele com ações ilícitas. 

De acordo com a família, a vítima era uma pessoa trabalhadora e desconhece que o mesmo tivesse inimigos. O corpo do pedreiro foi removido pela equipe do ITEP para a sede do órgão, onde será submetido a exames de necropsia e depois liberado para sepultamento. 

Antônio de Oliveira Alves foi a 84ª vítima da violência letal intencional em Mossoró neste ano de 2017. O caso será investigado pela Divisão de Homicídios.


Fim da Linha

Nenhum comentário:

Postar um comentário