quinta-feira, 15 de junho de 2017

Operação de busca a suspeitos da morte de PM termina com um morto em Natal

Policiais militares realizavam buscas na comunidade do Japão, quando um homem reagiu atirando. Ele foi baleado e morreu, nesta quarta-feira (14).

Por G1 RN
PM Mário Pinheiro foi morto nesta terça-feira (13), na rua Santa Tereza, no bairro Bom Pastor, Zona Oeste da cidade. (Foto: Marksuel Figueredo/Inter TV Cabugi)

Uma operação policial para procurar os suspeitos de envolvimento na morte do PM Mário Pinheiro de Lima, de 37 anos, terminou com um homem morto, nesta quarta-feira (14), na comunidade conhecida como Favela do Japão, no bairro Novo Horizonte, zona Leste de Natal. Alexsandro Barros da Silva foi baleado ao reagir a uma abordagem e atirar contra policiais.

Além do suspeito baleado e morto, os policiais também detiveram outro homem, que não teve identidade revelada. A operação da comunidade do Japão foi realizada por policiais militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) com apoio dos policiais do 9º Batalhão da PM.

Desde esta terça-feira, quando o cabo da PM Mário Pinheiro foi morto a tiros, a Polícia Militar vem realizando operações para tentar localizar os autores do crime. O suspeito baleado e morto nesta quarta-feira, Alexsandro Barros, de acordo com a polícia não seria um dos autores do crime, mas era foragido da Justiça, tendo mandado de prisão em aberto por homicídio.

O cabo da PM Mário Pinheiro foi assassinado na rua Santa Tereza, no bairro Bom Pastor, na zona Oeste da cidade, na manhã desta terça-feira. Testemunhas relataram que o policial estava de moto, sob uma árvore esperando a chuva passar, quando foi abordado por dois homens que se aproximaram também em uma motocicleta. Para a Polícia Civil, a principal suspeita é a de que o cabo foi mesmo alvo de uma tentativa de assalto, e que ele teria sido morto porque reagiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário