terça-feira, 24 de outubro de 2017

Bombeiro que sofreu dois tiros na cabeça deixa hospital em Natal


O soldado do Corpo de Bombeiros Alberto Aroldo Rodrigues deixou a UTI do Hospital Walfredo Gurgel, em Natal, e foi liberado para ir para casa na manhã desta segunda-feira (23). Ele sofreu dois tiros na cabeça em uma tentativa de assalto em São Gonçalo do Amarante, região metropolitana de Natal, no dia 3 de outubro.
De acordo com a esposa do soldado, Alberto está bem, mas não lembra do que aconteceu no dia em que foi baleado. Antes de deixar o hospital nesta segunda, ele tirou foto com a equipe que cuidou dele na UTI.
O crime aconteceu por volta das 7h do dia 3 de outubro, feriado estadual. De acordo com relatos de colegas do soldado, ele levou um amigo para ver um terreno nas proximidades do conjunto Cidade das Flores, em São Gonçalo do Amarante. No local, os dois acabaram surpreendidos por três homens armados que se aproximaram e anunciaram o assalto.
A suspeita é de que os criminosos tenham confundido o bombeiro com um policial militar.
Alberto deu entrada no pronto-socorro Clóvis Sarinho, na Zona Leste da capital, em estado grave e passou por cirurgia, que tirou uma das balas que ficaram alojadas no crânio. Ele foi mantido em coma induzido e só voltou a responder estímulos na segunda-feira 9 de outubro, depois que os médicos reduziram a quantidade de sedativos.

G1/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário