segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Soldado da PM é baleado e morre após deixar partida de futebol em Natal

Crime aconteceu na noite desta sexta (10), na Zona Norte da capital. Marcos Garcia Marinho foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Ele era réu no caso da Viatura do Mal.

Por G1RN
Soldado Marcos Garcia Marinho foi socorrido ao hospital após sofrer quatro tiros, nesta sexta (10), mas não resistiu (Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi)

Um policial militar do Rio Grande do Norte morreu após sofrer quatro tiros na noite desta sexta-feira (11), em Natal. O crime aconteceu na avenida João Medeiros Filho, Zona Norte da capital potiguar. Marcos Garcia Marinho tinha acabado de sair de uma partida de futebol com amigos e seguia para casa sozinho, em uma motocicleta.

O soldado era réu em um processo da Justiça, acusado pelo Ministério Público de integrar um grupo de PMs que praticava extorsão e outros tipos de crimes na viatura 924 do 9º Batalhão da Polícia Militar, que ficou nacionalmente conhecida como Viatura do Mal, no programa Fantástico, da TV Globo. 11 policiais foram condenados, mas Marinho e outros três PMs alegaram insanidade mental e ainda aguardavam julgamento. Ele estava afastado das suas funções, pela Junta Médica.

De acordo com a PM, nesta sexta (10) Marinho foi abordado por quatro homens que estavam em um carro de cor prata e atiraram várias vezes contra ele. Os criminosos fugiram em seguida, levando a arma do policial. Dois tiros atingiram o tórax e outros dois o abdômen da vítima, que foi socorrida ao pronto-socorro do Hospital Santa Catarina.

Soldado da PM Marcos Garcia Marinho morreu no hospital (Foto: Arquivo da família)

O policial passou por cirurgia de urgência, mas não resistiu aos ferimentos e morreu durante a madrugada.

Enquanto ele ainda estava no hospital, policiais de vários batalhões da PM foram à unidade, preocupados com o estado dele e para prestar solidariedade à família. O carro usado no crime foi encontrado no Loteamento José Sarney, horas depois, mas nenhum suspeito foi encontrado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário