sábado, 30 de dezembro de 2017

Dois homens morrem e dois são presos em confronto com a PM no interior do RN

Assaltantes baleados chegaram mortos à unidade de saúde da cidade de Tenente Laurentino Cruz, no interior do RN (Foto: Edson Dantas)

Dois homens morreram nesta sexta-feira (29) depois de trocarem tiros com a polícia na zona rural entre as cidades de Florânia e Tenente Laurentino Cruz, na região Seridó potiguar. Outros dois foram presos pelos policiais. Os quatro são suspeitos de envolvimento no assalto à agência dos Correios de Tenente Laurentino Cruz nesta quinta-feira (28).

De acordo com o capitão da Polícia Militar Ivanildo Henrique, que comanda o policiamento no município, a primeira prisão aconteceu ainda na noite da quinta (28). “Um motorista Uber que saiu de Natal para resgatar os três assaltantes no mato foi interceptado e preso pela polícia”, conta o oficial.

Depois de interrogado, o homem informou à PM a região em que encontraria os assaltantes. Já na manhã desta sexta (29), a polícia foi ao local e se deparou com o primeiro suspeito, na garupa de um mototáxi. “Ele tinha ido comprar água e comida para os demais”, afirma o capitão Henrique.

Foi o segundo envolvido no crime preso pelos policiais. De acordo com o capitão Ivanildo Henrique, o homem foi levado dentro de um carro descaracterizado da polícia, para indicar o lugar exato em que estavam os seus comparsas.

“Ao chegamos no local, inicialmente eles pensavam que era o Uber que havia chegado para buscá-los. Quando perceberam que era a polícia, abriram fogo. Houve uma pequena troca de tiros e os dois foram baleados”, relata o capitão.

Ainda segundo ele, os dois foram socorridos ao hospital da região, contudo chegaram mortos à unidade de saúde. O motorista Uber e o outro homem preso foram levados a Natal, na sede da Polícia Federal, para o registro da ocorrência. Isso porque é a PF que tem competência investigativa para apurar os crimes relacionados às agências dos Correios.

G1RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário