terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Polícia prende em Natal grupo suspeito de falsificar mais de mil RGs

Ação da Polícia Civil aconteceu na noite desta segunda-feira (18) no Loteamento Jardim Progresso, na Zona Norte.

Por G1RN
Material foi apreendido com grupo preso pela Deicor em Natal suspeito de falsificar mais de mil RGs (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Cinco pessoas foram presas na noite desta segunda-feira (18) na Zona Norte de Natal pela Polícia Civil. As prisões aconteceram após uma investigação feita pela Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor). Segundo o Delegado Odilon Teodósio, diretor da Deicor, as pessoas detidas fazem parte de um grupo especializado em falsificar documentos. "Acreditamos que mais de mil identidades foram confeccionadas por este grupo", afirma.

De acordo com delegado, o flagrante foi feito em uma casa que pertence a um assaltante de banco, no loteamento Jardim Progresso. Na ação a Deicor prendeu Marcos Eugênio Pontes Pessoa, de 38 anos, conhecido como "Barão" ou "Mariano", preso na Operação Jet Coca, em 2003, pelo crime de tráfico de drogas. Além dele, também foi detido Emanoel Morais da Silva, de 47 anos, que, no momento da prisão, apresentou aos agentes uma identidade falsa da Polícia Militar.

Também foram presos Maria de Fátima Medeiros, de 57 anos, Maria Estela Alves Teixeira, de 38 anos, e Rui Soares da Silva, de 52 anos de idade.

Foram apreendidos com o grupo cartões de crédito, cheques em branco, identidades em branco e outras já confeccionadas, notebooks, celulares e dois veículos: um Ford KA preto e um Volkswagem Voyage vermelho.

Os cinco foram autuados por falsificação de documento público, uso de documento falso, e associação criminosa, sendo em seguida encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário