sábado, 21 de janeiro de 2017

Portalegre=Homem é morto a tiros na zona rural.


Na noite de ontem (20), dois homens numa moto efetuaram pelo menos 4 disparos de arma de fogo em um homem na zona rural do município de Portalegre.

A vítima dos disparos é Francisco Ednesio Numes Marques, mais conhecido por Branco do Jacú. O crime aconteceu no Sítio Baixa Grande na zona rural do Município.

A policia militar realizar o trabalho de isolamento do local de crime à espera da equipe do ITEP de Mossoró, que fará uma pericia no local do crime e a imediata remoção do corpo para sede do órgão em Mossoró.

O crime será investigado pela delegacia de Polícia Civil de Portalegre que tem como delegado o Bel. Cristiano Zadrozn.

Grupo Cidadão 190

SÁBADO DO AÇOUGUE QUEIROZ APODI

Casal de namorados é baleado durante atentado no bairro Boa Vista em Mossoró


Um casal de namorados foi alvejado com disparos de arma de fogo, durante um atentado ocorrido por volta das 21h20min desta sexta feira 20 de janeiro nas proximidades do antigo CEMIC no bairro Boa Vista em Mossoró RN. 

Segundo informações repassadas por testemunhas à Polícia Militar, o jovem Andel Adriélison de Carvalho com 17 anos de idade,estava com sua namorada identificada como Edinária Vaz, quando dois homens em uma motocicleta chegaram e começaram a atirar em direção ao casal. 

O jovem foi atingido com um tiro no braço e depois de baleado coseguiu correr e escapar dos inimigos. Já sua namorada não teve a mesma sorte. Ele foi atingida com um disparo no abdômem e socorrida populares para o Hospital Regional Tarcísio Maia e segundo informações médicas o estado de saúde dela inspira cuidados. 

O jovem Andel foi socorrido por uma Unidade de Suporte Avançado do Samu também para o HRTM e de acordo com o médico intervencionista não corre risco de morrer. 

A motivação do crime ainda é desconhecida da Polícia. Os policiais que atenderam a ocorrência acreditam que o alvo dos atiradores era o menor e que sua namorada foi atingida porque estava com ele no momento do ataque.

Fim da Linha

"Foi encontrada uma vala com vários corpos no presídio de Alcaçuz", diz Cantanhêde

Vala com vários corpos carbonizados é encontrada em Alcaçuz, diz jornalista

A jornalista Eliana Cantanhêde, comentarista do canal Globo News, acabou de divulgar que foi encontrada neste momento uma grande vala no Presídio de Alcaçuz, com uma grande quantidade de corpos carbonizados.

Há pouco tempo atrás, chegaram Caçambas e um Trator na Unidade. Essa informação já teria chegado ao Palácio do Planalto e já estariam checando a sua veracidade. O Blog do BG está tentando entrar em contato com as autoridades locais para confirmação.

Blog do BG

OSSANA HUMANA FOI ENCONTRADA NA ZONA RURAL DE ACARI.



Um agricultor procurou a Polícia Militar na manhã dessa sexta-feira, 20/01, relatando que uma ossada humana havia sido encontrada numa área mata fechada em um local de difícil acesso conhecido como tanque da Macambira, zona rural de Acari.

O agricultor disse que se dirigia para sua residência quando se deparou com um crânio humano e logo depois outros ossos.
A Polícia Militar foi deslocada para o local e faz o isolamento até a chegada do ITEP.
Restos de roupa e de sandália foi visto no local.

A investigação ficará a cargo da Polícia Civil que deverá chegar ao nome da vítima.
Com informações da PM de Acari.

J JÚNIOR PM Currais Novos

PM apreende moto roubada e prende dois suspeitos de assalto no Abolição V




Um assalto ocorrido no início da noite desta sexta feira em um estabelecimento comercial no bairro Abolição V em Mossoró, mobilizou várias viaturas da Polícia Militar. 

Durante o assalto os criminosos que estavam em uma moto Bross verde com queixa de roubo, subtraíram das vítimas celulares, cordão e aliança de ouro. 

Com informações sobre a rota de fuga dos assaltantes,policiais da Força Tática e da Viatura que cobre a área dos Abolições passaram a realizar diligências naquela região em busca de localizar os suspeitos. 

Pouco minutos depois, as equipes estouraram uma casa no Parque das Rosas e conseguiram prender os suspeitos, apreender a moto roubada e os objetos subtraídos das vítimas do assalto. 

No interior da casa que segundo a Polícia pertence ao traficante conhecido como Nildo do Parque das Rosas, estavam seis pessoas, sendo três homens e três mulheres menores de idade. Todos foram conduzidos à delegacia de Plantão a apresentados ao deledgado Roberto Moura. 

Das seis pessoas encaminhadas à DP de Plantão, apenas duas foram flagranteadas. Jhony Alisson Aureliano da Silva,reconhecido por uma das vítimas do assalto,foi autuado por roubo e será conduzido a Cadeia Pública e um menor que será encaminhado ao CIAD. 

Fim da Linha

DHPP prende homem e apreende adolescente suspeitos de assassinar casal na Via Costeira


Policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), com o apoio da Delegacia Especializada de Assistência ao Turista (DEATUR), prenderam, nesta quinta-feira (19) na Vila de Ponta Negra, os irmãos Ricardo Sanderley do Nascimento, 26 anos, Raynara Katiele Nascimento Silva, 19 anos, e apreendeu um adolescente de 17 anos, quando foram encontrados com drogas em uma residência, sendo Ricardo e seu irmão suspeitos de terem cometido um duplo homicídio.
O crime ocorreu no dia 7 de janeiro em um local conhecido como Vale das Cascatas, localizado na Via Costeira de Natal, onde a dupla teria realizado o assassinato contra Alessandro Magno da Silva Coelho Pereira, conhecido como “Branquinho”, e Noely Souza Barbosa. Através de investigações, a polícia descobriu que o casal assassinado e os irmãos eram comparsas em ações criminosas, além de suspeitos de participarem de um roubo a um mercado no bairro de Cidade Verde, Zona Norte de Parnamirim.
As prisões foram realizadas em cumprimento a mandado de prisão temporária e de busca e apreensão na residência da dupla, onde também estava a irmã Raynara, sendo apreendidos em seu quarto dois tabletes médios de maconha, cocaína, nove celulares, R$ 611,50 reais e $ 11,00 dólares. No quarto do adolescente, a polícia encontrou desenhos nas paredes com pichações de rostos de palhaços, números fazendo referência a uma facção criminosa e o nome do jovem.

PORTAL BO

Membros da facção “Sindicato do RN” botam fogo na Delegacia da Mulher em Caicó; Veja imagens



A Delegacia da Mulher da cidade de Caicó, localizada na Rua Manoel Avelino da Costa, nº 26, no Bairro Castelo Branco, Zona Leste, foi atacada por membros da facção Sindicato do RN. Eles atearam fogo na unidade por volta das 2 horas da madrugada.

Os criminosos arrombaram a porta de trás do prédio e no interior da unidade, muitos objetos, móveis, portas, computadores e janelas, foram incendiados.

Em uma das paredes no interior da Delegacia, os vândalos escreveram a sigla Sindicato do RN, além de “É Nóis”, “Fechadão” e o “Bagulho é Doido”.

Durante a noite de quinta-feira e a madrugada desta sexta-feira (20), este foi o único ataque registrado em Caicó.

SIDNEY SILVA

Túnel é fechado em cadeia de Natal; no mesmo dia, presos abrem outro

Escavações foram descobertas na quinta (19) e nesta sexta-feira (20). RN vive momento conturbado na segurança e no sistema penitenciário.


Thyago Macedo Do G1 RN
Imagem mostra túnel descoberto nesta sexta-feira (20) sob o pavilhão B (Foto: G1/RN)

Um dia após a descoberta de um túnel, agentes penitenciários do Presídio Provisório Raimundo Nonato Fernandes, na Zona Norte de Natal, encontraram mais uma escavação na unidade. Aconteceu na tarde desta sexta-feira (20).

A Cadeia Pública de Natal, como é mais conhecida a unidade, está superlota. Apesar disso, na última quarta-feira (18), recebeu mais 116 presos que foram impedidos de entrar em Alcaçuz – maior presídio do Rio Grande do Norte – onde pelo menos 26 presos foram mortos no fim de semana.

O túnel encontrado nesta sexta na Cadeia Pública de Natal estava sendo escavado sob uma cela no pavilhão B. Os agentes informaram que na quinta (19) já haviam achado outra escavação, só que no pavilhão A.

Para tapar o túnel descoberto na quinta, os presos do A foram colocados no B. Com isso, 405 detentos tiveram que ficar juntos e iniciaram a nova escavação.

Agentes ouvidos pelo G1 disseram que vão ter que retornar todos os presos para o pavilhão A, que teve o buraco fechado durante o dia, para que os reparos sejam feitos no pavilhão B.

Polícia Civil prende suspeito de atear fogo em garagem da Prefeitura de São Paulo do Potengi

Detido tem um irmão que está preso em Alcaçuz.

Policiais civis da Delegacia Municipal e Regional de São Paulo do Potengi, com apoio de policiais militares da cidade, conseguiram prender em flagrante Maciel Cavalcante da Silva, 22 anos, na manhã desta sexta-feira (20). Ele é suspeito, juntamente com mais dois homens, de ter ateado fogo em veículos que estavam estacionados na garagem da Prefeitura de São Paulo do Potengi, no início da tarde desta quinta-feira (19). Um ônibus escolar foi totalmente queimado.

De acordo com a investigação, três homens encapuzados e armados renderam o vigilante da garagem e conseguiram entrar no órgão público com garrafas contendo gasolina. O grupo pretendia queimar todos os veículos estacionados. Após um tumulto que foi gerado, os suspeitos fugiram e a Polícia fez diligências durante o dia de ontem e a madrugada desta sexta-feira. Informações recebidas pela Polícia davam conta de que um homem, bastante queimado, estaria escondido na casa de um parente. Maciel Cavalcante possui um irmão que está detido na Penitenciária de Alcaçuz.

Policiais diligenciaram até o local indicado e encontraram Maciel com o corpo bastante queimado, nas primeiras horas desta sexta-feira (20). Ele tentou negar o crime, afirmando que as queimaduras eram provenientes de um acidente causado por uma panela de pressão. Ele foi conduzido para a Delegacia e reconhecido por testemunhas. Maciel será autuado pelos crimes de incêndio e associação criminosa.

Portal BO

MPRN recomenda que governo adote providências em Alcaçuz

Orientação é parte do trabalho da Força Tarefa do Sistema Penitenciário. No presídio, pelo menos 26 presos foram mortos no fim de semana.

Do G1 RN
Presos rebelados já mataram pelo menos 26 rivais dentro de Alcaçuz (Foto: Josemar Gonçalves/Reuters)

O Ministério Público do Rio Grande do Norte publicou, nesta sexta-feira (20), como parte do trabalho da Força Tarefa do Sistema Penitenciário, recomendações destinadas ao governo estadual para providências no presídio de Alcaçuz – onde pelo menos 26 presos foram mortos no fim de semana. A penitenciária, a maior do RN, fica em Nísia Floresta, cidade da Grande Natal.

Entre elas, está a retirada de vítimas de homicídios de dentro da penitenciária, bem como a utilização de equipamentos eletrônicos para uma varredura nos pavilhões e apreensão de armas e outros ilícitos.

De acordo com a Procuradoria Geral de Justiça, a recomendação leva em conta o fato de o MP ser "essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis".

No total, foram cinco recomendações publicadas pelo Ministério Público Estadual, assinadas pelo Procurador-Geral de Justiça, Rinaldo Reis, e mais sete promotores da Força Tarefa.

As recomendações são:
1) Que sejam tomadas todas as providências efetivas para retomar o controle das unidades prisionais do Estado do Rio Grande do Norte, adotando as medidas necessárias, inclusive mediante o uso de força policial que se faça necessária, na forma da lei;

2) Que determine aos integrantes das forças de segurança estaduais que apreendam e entreguem à Polícia Civil, comunicando ao Ministério Público, armamentos, aparelhos celulares, substâncias explosivas, drogas e qualquer outro bem ilícito que esteja em posse dos detentos dentro dos estabelecimentos prisionais;

3) Que determine a retirada das vítimas de homicídio do Complexo de Alcaçuz, encaminhe ao Itep e divulgue suas respectivas identificações;

4) Que solicite todo o apoio possível e em número necessário de forças federais, inclusive das Forças Armadas, de grupos especiais do DEPEN e da Força Nacional, para fazer cessar as rebeliões e também:

a) Para estabelecer protocolos e procedimentos de segurança, revistas e atuação, com treinamento operacional de pessoal;

b) Para utilizar equipamentos eletrônicos de rastreamento de aparelhos de celular existentes nas unidades prisionais, como equipamentos de varredura.

c) Para a realização de diagnóstico operacional para a reestruturação do sistema prisional do Estado do Rio Grande do Norte.

5) Que determine aos agentes penitenciários do Rio Grande do Norte que se abstenham de confiar acesso diferenciado a locais e a informações, em unidades penitenciárias, a presos tidos como “de confiança”, reservando o trabalho dos internos a tarefas que não gerem risco ao sistema;

Ainda na publicação, o Ministério Público destaca que, em caso de não acatamento da recomendação, adotará as medidas legais necessárias a fim de assegurar a sua implementação.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Filho do traficante Elias Maluco foi preso em Mossoró na madrugada de hoje

Rádio Patrulha do 2ºBPM apreende filho do traficante e homicida carioca Elias Maluco logo após arrombamento em escola publica.

Na madrugada desta sexta (20), após informação de um arrombamento na Escola Estadual Moreira Dias, localizada no Bairro Doze Anos em Mossoró/RN, policiais militares da Rádio Patrulha do 2ºBPM empreenderam diligências vindo a localizar Antônio Max da Costa, 31 anos, e um adolescente de 16 anos, que fugiam com um computador subtraído da unidade de ensino. Ambos foram encaminhados para a DP de Plantão.

Após uma averiguação na delegacia foi constatado que o adolescente é filho do traficante e homicida carioca Elias Pereira da Silva, mais conhecido por Elias Maluco, que se encontra cumprindo pena no Presídio Federal de Mossoró e ficou notadamente conhecido em 2002 quando foi preso por assassinar Tim Lopes, jornalista da TV Globo. Também é apontado como um dos líderes da facção criminosa Comando Vermelho e acusado pela morte de mais de sessenta pessoas.

Comunicação 2ºBPM

Policia Militar de Apodi prende ladrões de bodes suspeitos de latrocínio contra taxista no Ceará

Os dois indivíduos foram presos roubando animais



Na tarde da última quarta (18) policiais militares lotados na 2ª Companhia do 2º Batalhão da Polícia Militar com sede em Apodi realizavam patrulhamento quando receberam denúncia que naquele instante dois indivíduos roubavam animais no Sítio São Francisco. Os policiais seguiram nas diligências e lograram êxito na prisão dos criminosos que se achavam feridos em razão de reação de populares.

Com os suspeitos, identificados preliminarmente como Damião Caetano e Manoel Ananias, a polícia apreendeu um Fiat Uno, ano 2005, Branco, placa JPZ 6924 que se achava com placas frias e um animal caprino em seu interior. O referido veículo foi roubado no dia 26 de dezembro de 2016 quando seu proprietário, o taxista José Nunes Nogueira de 65 anos, desapareceu após pegar uma corrida com um casal em Limoeiro do Norte/CE. Zé Baixinho como era mais conhecido foi encontrado morto dois dias depois na zona rural de Tabuleiro do Norte/CE.

Os suspeitos foram encaminhados para a delegacia de polícia civil aonde foram submetidos a interrogatório, ocasião em que teriam confessado a participação no homicídio ao taxista cearense. O caso deverá ser investigado pela polícia do Ceará. A polícia militar segue atenta ao patrulhamento com abordagem na zona urbana e rural de Apodi para retirar de circulação indivíduos que teimam em desafiar as leis e manter a paz pública na região.

Comunicação 2ºBPM

GTO prende foragido da justiça e apreende menor com arma de fogo e moto roubada após perseguição no Abolição II

Edson Duarte da Silva foragido da Penitenciária Mário Negócio

Um foragido da Justiça, identificado como Edson Duarte da Silva foi preso e um menor apreendido durante uma perseguição policial,que teve início no Conjunto Abolição III e terminou por trás do Hotel Thermas no Abolição II em Mossoró RN. 

Os suspeitos trafegavam em uma moto XRE 300 de cor preta roubada no último sabado (14) no Abolição III e quando avistaram a guarnição do Grupo Tático Operacional (GTO) do 2º BPM fugiram em alta velocidade. 

Após serem perseguidos por várias ruas dos bairros e nas proximidades do Thermas na parte do Abolição II a dupla foi interceptada é presa. 

Além da moto XRE 300, os policiais conseguiram recuperar também um celular LG branco e uma carteira de cédula com documentos roubados de uma vitima na tarde de hoje no Abolição III. 

Com a dupla os policiais apreenderam um revólver calibre 38 municiado. Os dois foram encaminhados à Delegacia de Plantão e apresentados ao Dr. Christiano Melo para que aquele autoridade policial adote as medidas cabíveis. 

A Moto XRE 300 estava com a placa adulterada com fita isolante o que torna o crime inafiançável.



Fim da Linha

SEXTA VERDE DO HORTIFRUTI QUEIROZ APODI

Agricultor é morto a pauladas no vale do Assú na Tarde de ontem.

A morte do agricultor Severino Vitorino Lourenço de 40 anos pode ter sido motivada por uma crise de ciumes. Ele foi encontrado morto na tarde de hoje na zona rual de Assu.

O agricultor Severino Vitorino Lourenço de 40 anos de idade foi encontrado morto na tarde de ontem, 19 de janeiro, na zona rural de Assu, no Rio Grande do Norte.

Segundo informações, Sidoca, como ele era conhecido, fazia manutenção numa rede de irrigação em companhia de outro elemento, que figura como o principal suspeito do crime.

O corpo apresentava um hematoma profundo na cabeça provocado por um material regido, possivelmente um pedaço de madeira e foi encontrado ao lado do seu material de trabalho, na região conhecida como “Entre Rios”, próximo às margens do Rio Assú Piranhas.

A policia de Assú recebeu informações de familiares, que vitima e acusado trabalhavam juntos, mas tinham uma desavença por causa de uma mulher. Severino teve ou tinha um namoro com uma moça que tinha sido mulher do acusado e por isso, o relacionamento dos dois, que já não era muito bom, terminou em morte na tarde de hoje.

O principal acusado, que segundo informações, já tinha problemas com a justiça, continua foragido.

O Câmera

Suspeito é preso com arma de fogo e droga em operação da Polícia Civil no bairro Paredões em Mossoró


Policiais Civis da Delegacia de Furtos e Roubos (DEFU) e da Divisão de Polícia do Oeste (DIVPOE) prenderam durante uma operação na noite desta quarta feira um jovem portando arma de fogo, droga e dinheiro fracionado. 

Luciano Bruno Pereira conhecido como "Bruninho" morador da Rua General Péricles na região do Pirrichil, foi preso em uma residência na Rua Anatália de Melo Alves no bairro Paredões em Mossoró RN. 

Com ele as equipes da Polícia Civil encontraram um revolver calibre 38 municiado, saquinhos plásticos,tesouras giletes e uma quantidade pequena de droga. 

O mesmo foi encaminhado à Delegacia de Plantão,onde ficou a disposição da Polícia Judiciária. Segundo a Polícia Civil Bruninho já responde a dois processos na Justiça por porte ilegal de arma de fogo.

Fim da Linha

Presos de Alcaçuz entram em batalha campal; há feridos

Confronto aconteceu após detentos voltarem a ocupar os telhados. Penitenciária, a maior do RN, foi palco de matança no fim de semana.


Presos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, maior presídio do Rio Grande do Norte, entraram em batalha campal na manhã desta quinta-feira (19). Após subirem em telhados dos pavilhões, membros de duas facções partiram para o confronto. Pedras, barras de ferro e vigas de madeira são arremessadas de um lado a outro. Há informação de feridos. A Polícia Militar está na área externa da unidade. Do alto das guaritas, policiais fazem disparos na tentativa de conter a confusão.

O repórter Ítalo Di Lucena, da Inter TV Cabugi, está na área externa de Alcaçuz. Ele informa que há fumaça na parte interna, barulhos de tiros e de quebra-quebra no local. Por volta das 11h30 (horário de Brasília) o helicóptero Potiguar I, da secretaria de Segurança Pública do estado, chegou ao local para auxiliar na operação. É possível ver detentos aparentemente feridos sendo transportados em carrinhos de carga.

Na quarta-feira (18), 220 membros da facção criminosa Sindicato do RN foram retirados de Alcaçuz, para evitar o confronto com presos do Primeiro Comando da Capital (PCC) que estão no presídio. Ainda há, entretanto, membros do Sindicato no local, além de detentos que não são ligados a nenhuma facção. No total, há cerca de 900 detentos em Alcaçuz.

No último fim de semana, presos do PCC invadiram a área onde ficam os integrantes do Sindicato do RN. No confronto, 26 detentos morreram.

Desde a última terça-feira (17), a prisão se tornou um verdadeiro cenário de guerra. As duas facções estão divididas no espaço que liga os pavilhões. Do lado esquerdo, perto do pavilhão 4, estão os integrantes do Sindicato do RN e, do lado direito, os do PCC. Armados com barras de ferro, paus e pedras, eles montaram barricadas com grades, chapas de ferro dos portões, armários e colchões.


A Secretaria de Segurança Pública e Defesa do Rio Grande do Norte (Sesed) tem mantido contato com lideranças do PCC para tentar retomar nesta semana o controle da penitenciária.

Inaugurada em 1998 com foco na "humanização", a penitenciária de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte, está sem grades nas celas desde uma rebelião em março de 2015. Resultado: os presos circulam livremente e os agentes penitenciários se limitam a ficar próximos à portaria.

"É possível confronto? É possível confronto porque temos 1.500 presos lá dentro e a polícia vem fazendo a separação desses presos", disse nesta terça-feira (17) Wallber Virgolino, secretário da Justiça e Cidadania (Sejuc) do Rio Grande do Norte. O complexo, no município de Nísia Floresta, na Grande Natal, tem capacidade para 620 presos.

Matanças
O Rio Grande do Norte foi o terceiro estado a registrar matanças em presídios deste ano no país. Na virada do ano, 56 presos morreram no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em Manaus. Outros oito detentos foram mortos nos dias seguintes no Amazonas: 4 na Unidade Prisional Puraquequara (UPP) e 4 na Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoal. No dia 6, 33 foram mortos na Penitenciária Agrícola Monte Cristo (Pamc), em Roraima.


O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, classifica o massacre em Alcaçuz como "retaliação" ao que ocorreu em Manaus, onde presos supostamente filiados ao PCC foram mortos por integrantes de uma outra facção do Norte do país.

“Até hoje, nunca tinha havido um confronto dentro dos presídios entre PCC e Sindicato do Crime RN. Virou uma guerra. Começou no Amazonas, isso é uma retaliação. Essa briga não é do RN, é uma retaliação do que aconteceu no Amazonas, é uma vingança ao caso do Amazonas e aconteceu no meu estado, infelizmente”, lamentou o governador.

Portal G1RN

Polícia do RN entra em Alcaçuz e retira feridos

BP Choque entra em Alcaçuz (Foto: Elias Medeiros)

Policiais militares do Batalhão de Choque e do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) do Rio Grande do Norte entraram mais uma vez na Penitenciária de Alcaçuz. A intervenção começou às 17h13 (18h13 no horário de Brasília) desta quinta-feira (19).

A PM retirou alguns feridos de dentro da unidade e, em seguida, saiu novamente da área dos pavilhões. Homens do Bope, Choque e do GOE vão passar a noite na área administrativa da Penitenciária. Pelo menos três presos saíram da unidade em ambulâncias. Na manhã desta sexta (20) será definido como vai acontecer a operação de retomada do controle da unidade.

O objetivo da operação é separar as duas facções, anunciou mais cedo o governador Robinson Faria. Em entrevista à GloboNews, ele afirmou que pretende construir "uma parede física para separar o PCC do Sindicato do RN”.

No final da tarde desta quinta-feira, policiais da Força Nacional prenderam um jovem de 18 anos no momento em que ele tentava arremessar dezenas de munições de pistola para dentro do presídio de Alcaçuz. O suspeito disse que é membro de uma das facções criminosas, mas não confessou que era responsável pelas munições.

Por volta das 16h30 presos atearam fogo no pavilhão 3. De longe era possível ver a fumaça preta que saía do pavilhão.

No último final de semana, 26 pessoas morreram em uma rebelião - nesta quinta, houve outro confronto entre as facções, também com mortes, mas o número de vítimas não foi informado. Segundo a PM, os presos "estão armados e se matando".

Segundo o governador, a entrada dos policiais visa "permitir a construção de uma parede física para separar o PCC do Sindicato do RN”. Os policiais farão uma "corrente humana", e permanecerão dentro da penitenciária até a construção de uma parede física que possa separar os presos. Os PMs permanecem na penitenciária, mas na área administrativa - onde não há detentos - e não na área dos pavilhões.

G1RN

Macaibense foi preso tentando jogar munição para dentro do presídio de Alcaçuz


Uma equipe da Força Nacional visualizou um homem em atitude suspeita nas proximidades do presídio de Alcaçuz e resolveram abordar.
Antes de interceptar o suspeito, os policiais perceberam que o infrator identificado posteriormente como Ítalo Gaspar da Costa, de 18 anos, residente de Macaiba, na rua Elói de Souza, mas conhecida por 'Baixa', tentou se desfazer de um pacote.
No momento da abordagem os policiais localizaram o objeto jogado, contendo 28 munições dos calibres 380, 26 e 38. Ao ser questionado sobre o que fazia com o material, o jovem preso informou que pretendia jogar por cima do muro de Alcaçuz.
Ítalo foi detido e encaminhado a Delegacia de Plantão da zona Sul de Natal para os procedimentos cabíveis e deve ficar a disposição da Justiça.

190/RN

Relator da Lava Jato no STF, Teori Zavascki morre aos 68 anos após queda de avião em Paraty


Relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Teori Zavascki morreu na tarde desta quinta-feira (19), aos 68 anos, após a queda de um avião em Paraty, no litoral sul do Rio de Janeiro. A morte de Teori foi confirmada pelo filho do magistrado Francisco Zavascki em uma rede social, às 18h05.
A tragédia gerou consternação no meio jurídico, político e empresarial. Tão logo a informação foi confirmada, autoridades, entidades e empresas passaram a repercutir a morte.

No início da noite, presidente da República fez um pronunciamento no Palácio do Planalto no qual lamentou a morte do ministro do STF e anunciou ter decretado luto oficial de três dias. Na rápida fala, Temer disse que o magistrado era um "homem de bem" e um "orgulho para todos os brasileiros".
"O ministro Teori era um homem de bem e era orgulho para todos os brasileiros. Nós estamos decretando luto oficial por um período de três dias, uma modesta homenagem a quem tanto serviu à classe jurídica, aos tribunais e ao povo brasileiro", declarou o peemedebista no pronunciamento.
Um dos três filhos do ministro do STF, Francisco Prehn Zavascki comunicou a morte do pai no Facebook: "Caros amigos, acabamos de receber a confirmação de que o pai faleceu! Muito obrigado a todos pela força!".
Às 17h22, Francisco já havia publicado: "Amigos, infelizmente, o pai estava no avião que caiu! Por favor, rezem por um milagre".

G1

Homens matam outro e jogam corpo em córrego na Favela do Japão


Um jovem ainda não identificado foi morto e jogado dentro de um córrego na comunidade Novo horizonte, conhecida como Favela do Japão, na zona oeste de Natal.
Segundo informações de populares o jovem foi morto e arrastado até p local, onde foi jogado e os assassinos fugiram sem serem identificados.
A Polícia Militar foi ao local e aguarda a chegada dos policiais da Divisão de Homicídios, Corpo de Bombeiros e ITEP, para retirar da vítima da água.
Até o momento a polícia não tem pistas de quem assassinou e nem da identidade da vítima.

190/RN

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Apodi=Mulher é presa ao tentar entrar com celular em escova de lavar roupas no CDP.



Agentes Penitenciários do Centro de Detenção Provisória de Apodi – Agente Ronilson Alves da Silva flagraram a dona de casa, Sandriele Libyne de Almeida Marinho, 21 anos, natural de Apodi, com residência fixa no bairro Lagoa Seca, tentando entrar com aparelho celular e dois chips na unidade prisional na manhã dessa quarta-feira.

Os agentes penitenciários realizavam revista de rotina em parentes que iram visitar reclusos no CDP Apodi e graças ao detector de metais perceberam que algo estava errado.

De acordo com os agentes, eles abordaram a dona de casa, e, durante revistas em seus pertences, encontraram uma escova de lavar roupas. Ao passarem o detector de metais no objeto, o aparelho apitou. Então, os agentes cortaram a escova e encontraram um aparelho celular e dois chips no seu interior. Em seguida, eles acionaram a Polícia Civil da cidade, que funciona no mesmo complexo de segurança.

O celular foi encontrado pelo agente gente Airton Lucena com apoio dos agentes Batista Moreira e Natanael Vital Gurgel que também participavam do trabalho de revista do material.

Ao ser questionada, Sandriele Marinho, disse que uma pessoa de Mossoró, que ela não a conhece, passou em sua residência, e deixou esse escovão, e na oportunidade pediu para que ela a entregasse ao meu esposo que esta preso no CDP Apodi.

O esposo de Sandriele Libyne é um velho traficante conhecido da policia. Trata-se de Elviro Lopes da Silva Júnior, com quem ela mantem um relacionamento.

Em abril de 2016 a mãe de Elviro Lopes Junior, também fora presa em flagrante, tentando entrar com droga dentro de uma vassoura, no Centro de Detenção Provisória (CDP) do Apodi. O entorpecente seria destinado ao filho dela, que cumpre pena por tráfico de drogas.

A mãe foi flagrada com maconha escondida em uma vassoura quando ia deixar janta para o filho. Na ocasião, os agentes penitenciários, revistaram as sacolas com o alimento e alguns objetos que seriam entregues na cela, inclusive uma vassoura e encontraram a droga.

O Vale do Apodi

REBELIÃO E MORTE NA PENITENCIÁRIA PEREIRÃO EM CAICÓ-RN.

É possível ver fumaça saindo dos pavilhões do Pereirão, em Caicó (Foto: Willacy Dantas)

O sistema prisional do Rio Grande do Norte registra mais uma rebelião e mais um preso assassinado. Aconteceu na noite desta quarta-feira (18) na Penitenciária Estadual do Seridó, o Pereirão, em Caicó, cidade da região Seridó do estado. Segundo a Coordenadoria de Administração Penitenciária (Coape), além do preso morto outros sete detentos foram feridos. O preso morto ainda não foi identificado. De acordo com a Coape, a situação foi controlada por volta das 22h10.
Segundo Zemilton Silva, diretor da Coape, os presos do Pavilhão B quebraram um portão, entraram em uma área onde antigamente funcionava a cozinha da unidade e quebraram tudo. Guariteiros atiraram para conter maiores ações.
Os presos ainda atearam fogo em objetos e estão no teto da unidade empunhando bandeiras. Há muito fogo. O carro do Corpo de Bombeiros precisou reabastecer.
O Pereirão tem capacidade para 257 homens; havia em dezembro 297. A capacidade para mulheres é de 56; há 53. Os dados são do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Anderson Barbosa e Fred Carvalho Do G1 RN

Mossoró=Popular é baleado no Santa Delmira e morre quando era socorrido pelo Samu para o HRTM


A cidade de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte, registra nesta noite de quarta feira 18 de janeiro de 2017, mais um homicídio provocado por disparos de arma de fogo. 

O crime aconteceu em via pública na Avenida São Jerônimo no Conjunto Santa Delimira, onde foi vítima um homem identificado como Francisco José da Silva, de 34 anos de idade 

Ele foi alvejado com vários e morreu quando era socorrido por uma Ambulância de Suporte Avançado (ALFA) do Samu para o Hospital Regional Tarcísio Maia. 

Testemunhas relataram para a Polícia que os suspeitos estavam em uma moto e que efetuaram vários disparos de arma de fogo contra a vítima. 

A Polícia Militar esteve no local em busca de informações sobre o crime e realizou deligências mas não localizou os suspeitos, que fugiram em direção ignorada. 

Ainda não há informações sobre a motivação e autoria do do crime. Francisco José, foi a décima segunda vítima da conduta letal intencional em Mossoró neste ano de 2017. 

As investigações ficarão a cargo da Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).


Fim da Linha

14 ônibus, duas delegacias e carro do governo são atacados no RN

Ataques aconteceram nesta quarta (18) em quatro cidades do RN. Polícia investiga se ataques têm relação com rebelião em Alcaçuz.

Anderson Barbosa, Andrea Tavares, Beatriz Vital e Fred Carvalho - G1 RN
Bandidos ateiam fogo em ônibus na Rua Café Filho, zona leste de Natal (RN), nesta quarta-feira (18). (Foto: Frankie Marcone/Futura Press/Estadão Conteúdo)

Uma onda de ataques criminosos começou nesta quarta-feira (18) no Rio Grande do Norte. Doze ônibus, dois micro-ônibus, um carro do governo, duas delegacias e um prédio de uma secretaria de Saúde foram alvos de ataques. Não há informação de pessoas feridas.

REBELIÃO NO RN

Motim em Alcaçuz deixou 26 mortos
Segundo o secretário de Segurança Pública, Caio Bezerra, está sendo investigado se os ataques têm relação com a crise no sistema penitenciário do estado. "Pessoas já foram presas", afirmou, mas sem revelar a quantidade de detidos.

A maioria dos ataques aconteceu no mesmo momento em que a PM fazia a remoção de 220 presos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz. No local, 26 detentos morreram durante uma rebelião no final de semana. Destes, segundo o governo, 15 foram decapitados. Alcaçuz fica em Nísia Floresta, cidade da Grande Natal.

A remoção dos presos é uma nova tentativa de o Estado retomar o controle da unidade. Para a retirada dos detentos o governo está usando ônibus de turismo locados.

Ataques
Comandante do 1º Batalhão da Polícia Militar, o major Soares disse ao G1 que o primeiro ataque registrado foi contra um carro do governo que estava estacionado na frente da casa de um servidor que mora no bairro de Mãe Luíza. Seis pessoas teriam se aproximado a pé e atirado contra o veículo, que em seguida pegou fogo.

Já na comunidade de Brasília Teimosa, que fica perto de Mãe Luíza, um ônibus da empresa Santa Maria foi incendiado.

Um pouco depois, dois ônibus foram queimados no terminal do Vale Dourado, no bairro Nossa Senhora da Apresentação, Zona Norte. Segundo a Polícia Militar, homens se aproximaram e lançaram um coquetel molotov sobre os veículos.

À noite, mais oito ônibus foram queimados na garagem da empresa de viação Contijo, no bairro Felipe Camarão, na Zona Oeste da cidade e um micro-ônibus queimado em Bela Vista, bairro de Parnamirim, cidade da Grande Natal.

Por volta das 23h10 a 2º DP de Natal foi alvo de disparos.

Micro-ônibus foi incendiado em Macau (Foto: Eduardo Carlos)

Em Macau, cidade da região salineira do estado, um micro-ônibus também foi incendiado.

A Polícia Militar conseguiu evitar ainda outro ataque a ônibus no conjunto Parque dos Coqueiros, Zona Norte de Natal. Segundo o comandante do 4º batalhão, o major Lisboa, dois homens chegaram a jogar combustível no veículo, mas foram impedidos pelos policiais que patrulhavam preventivamente a área. Os bandidos fugiram a pé na direção da lagoa de captação. O comandante disse também que a segurança foi reforçada em todos os oito terminais de ônibus da Zona Norte.

Bandidos atearam fogo na garagem do prédio da Secretaria de Saúde de Caicó (Foto: Willacy Dantas)

Na cidade de Caicó, região Seridó do estado, a garagem da Secretaria de Saúde da cidade foi incendiada. De acordo com a Polícia Militar, cinco viaturas foram incendiadas. Ainda em Caicó, a PM confirmou um ataque na garagem da empresa de ônibus Jardinense. Um veículo foi destruído.

Delegacias e ameaças
O 1º Distrito Policial, na Cidade Alta, também sofreu um ataque na tarde desta quarta-feira. Um policial que trabalha na delegacia e preferiu não se identificar disse que dois homens chegaram em uma moto e atiraram contra a fachada do prédio. Os bandidos também atiraram uma mensagem, amarrada a uma pedra, com ameaças aos policiais.

A outra delegacia atacada foi a 14ª DP, que fica no bairro de Felipe Camarão, na Zona Oeste. Tiros foram disparados contra o prédio. Ninguém foi ferido.

Polícia Militar localizar desmanche de motos e recupera Pop roubada em Mossoró.

Quadros de motos roubadas encontrados no Abolição V

A Polícia Militar localizou nesta quarta feira 18 de janeiro, um desmanche de motos roubadas no Abolição V,onde pelo menos quatro motocicletas foram encontradas totalmente desmontadas. 

Os policiais da VTR 232 que cobre a área dos Abolições, foram informados sobre a localização do desmanche e depois de averiguar as informações conseguiram localizar o desmanche. 

Já na área do 12º Batalhão de Polícia Militar,policiais da Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas (ROCAM) localizaram uma motoneta Jonny de cor vermelha em processo de desmonte. 

As buscas por motos roubadas não páram por parte da PM e nesta tarde, a guarnição do Santo Antônio comandada pelo cabo Ocimar com apoio do soldado Santos Neto, recuperou uma moto Pop 100 de cor branca que havia sido roubada na manhã desta quarta feira. 

Todo material apreendido foi encaminhado ao setor de vistoria da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR) para que sejam adotados os procedimento cabíveis. 

Cinquentinha em processo de desmonte foi localizada no Alto da Pelonha
POP 100 roubado hoje pela manhã e recuperada agora a tarde no Santo Antônio

Fim da Linha

Juíza recusa presos e transferência de 116 detentos é desfeita no RN

Na tarde desta quarta, 220 presos foram levados do PEP para Alcaçuz. Secretaria de Segurança não explica motivo de mudança não ter dado certo.

Anderson Barbosa e Fred Carvalho Do G1 RN
Presos que deveriam ser transferidos de Parnamirim para Alcaçuz tiveram que ser levados para Natal; ônibus de turismo locado fez o transporte (Foto: G1/RN)

Não deu certo a transferência envolvendo uma permuta de 220 detentos de três presídios da Grande Natal, operação realizada na tarde desta quarta-feira (18). É que a juíza corregedora da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, onde 26 detentos foram mortos no final de semana, não aceitou a entrada de novos internos na unidade. A Secretaria Estadual de Segurança (Sesed) confirma a história, mas não sabe explicar o que causou a mudança nos planos. Alcaçuz fica em Nísia Floresta, cidade da Grande Natal.

Presos que deveriam ir para Alcaçuz acabaram na Cadeia Pública de Natal (Foto: Anderson Barbosa/G1)

Ao todo, 116 presos que saíram da Penitenciária Estadual de Parnamirim, também na região Metropolitana da capital potiguar – e que deveriam ficar custodiados em Alcaçuz – tiveram que ser acomodados na Cadeia Pública de Natal, como é mais conhecido o Presídio Provisório Raimundo Nonato Fernandes. A unidade fica na Zona Norte da cidade.

A assessoria de comunicação da Sesed limitou-se a dizer que cabe à juíza corregedora de Alcaçuz, Maria Nilvalda Torquato, explicar a razão de não ter autorizado o recebimento dos detentos. O G1 tentou falar com a magistrada, mas não conseguiu contato. A Sesed acrescentou que nesta quinta-feira (19) será decidido o que fazer com os presos que retornaram para Natal.
116 presos fizeram fila para entrar na Cadeia Pública de Natal (Foto: Anderson Barbosa/G1)

A operação de permuta dos presos foi parcialmente concluída por volta das 18h39, quando 220 presos deixaram Alcaçuz em quatro ônibus de turismo locados. Eles foram retirados dos pavilhões 1 e 2 por policiais militares do Batalhão de Choque e agentes penitenciários do Grupo de Operações Especiais da Secretaria de Justiça e da Cidadania. Em contrapartida, a Sesed informou que 100 presos foram retirados do PEP para Alcaçuz. A Secretaria de Segurança também não consegue explicar porque a quantidade de presos levada para a capital não bate com o que foi informado, ou seja, porque foram levados para a Cadeia Pública de Natal 116 detentos, e não apenas os 100 que saíram de Parnamirim.

Segundo a Vara de Execuções Penais da capital potiguar, a Cadeia Pública de Natal tem capacidade para acomodar até 216 presos. Até a semana passada, contudo, a unidade abrigada 560 detentos. Com a chegada dos 116, agora possui 676 homens, número três vezes maior que deveria comportar.

Texto assinado pelo “Sindicato do Crime” que circula nas redes sociais é realmente da Facção; veja na íntegra

Circula nos grupos de WhatsApp um texto assinado pelo “SINDICATO DO CRIME”. O BlogdoBG conseguiu confirmar que o texto realmente pertence à facção.


ESTAMOS AQUI EM MEIO A ESSE COMUNICADO PARA DEIXAR BEM CLARO QUE SOMOS A FRENTE DE TODO O SISTEMA PRISIONAL DO ESTADO DO RN, NÃO ESTAMOS AQUI PRA MEDIR FORÇAS COM O GOVERNO DO ESTADO, MAS TBM NOIS NÃO IREMOS ACEITAR PERDE PRA OS VERMES DO PCCU NEM UM PRÉDIO NOSSO.

SE QUEREM LEVAR OS PCCU PRA ALGUM LUGAR, QUE LEVEM ELES PRA CARAUBAS PAU DOS FERROS OU PRA SÃO PAULO QUE O LUGAR DELES DE ORIGEM, DEIXAMOS BEM CLARO QUE SE CASO VINHEREM A MEXER COM ALGUM DE NOSSOS PRÉDIOS IREMOS REAGIR A ALTURA, POIS SOMOS MAS FORTES AINDA NA RUA, TEMOS INTEGRANTES DISPOSTOS A CONCLUIR TODOS OS NOSSOS SALVES, IREMOS ATACAR TODOS OS TIPOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS IREMOS CAUSAR UM CAUS NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE.

DE INÍCIO VAMOS TOCAR FOGO EM ÔNIBUS DELEGACIAS CARROS DO GOVERNO TODOS OS ÓRGÃOS PÚBLICOS COM EXCEÇÃO DE ESCOLAS E HOSPITAIS TOMAR ARMAS DE VIGIAS MATAR POLÍCIA AGENTES PENITENCIÁRIOS ATÉ VCS AUTORIDADES COMPETENTES NOS OUVIR.

IREMOS TBM MOSTRA QUE PREDOMINAMOS TODO O SISTEMA CARCERÁRIO VAMOS QUEBRAR TODAS AS UNIDADES QUE PODEMOS PRA ASSIM VCS VER QUE ESTÃO DANDO FORÇA A QUEM NÃO TEM POIS NÃO ACEITAREMOS PERDE NADA QUE É NOSSO ESTAMOS PRA RESOLVER DA MANEIRA QUE VCS AUTORIDADES VENHA NOS OUVIR NÃO INICIAMOS A GUERRA MAS TBM NÃO FUGIREMOS DELA.

ANTENCIOSAMENTE FINAL E CONSELHO DO SDCRN.

Blog do BG

RN procura chefes de facções antes de tentar retomar controle de Alcaçuz

Secretário disse que não permitiria mais confrontos entre criminosos. Penitenciária da Grande Natal foi palco de matança no fim de semana.

Fred Carvalho Do G1 RN
Policial conversa com detento do presídio de Alcaçuz (Foto: Josemar Gonçalves/Reuters)

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa do Rio Grande do Norte (Sesed) manteve contato com chefes de facções criminosas para tentar retomar nesta semana o controle da penitenciária estadual de Alcaçuz, na Grande Natal. O presídio, o maior do Estado, foi palco da matança de pelo menos 26 detentos no fim de semana. O secretário de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed), Caio Bezerra, disse que os chefes de facções foram informados que a polícia não iria mais permitir confrontos entre criminosos.


Uma delegada de Polícia Civil e um oficial da Polícia Militar comandam as conversas com criminosos. O objetivo é evitar que haja novos confrontos entre os integrantes das facções. "Nós os procuramos e dissemos que o conflitos tinham que parar, que não iríamos mais permitir confrontos dentro de Alcaçuz", disse Caio Bezerra. "Sabíamos que existia dois grandes túneis nos pavilhões 1 e 2 do presídio e que havia possibilidade de fuga, que acabou evitada. Também definimos o método das transferências que foram realizadas nesta quarta", completou o secretário.

Os policiais negociadores querem saber quais são os pedidos dos presos e avaliar a possibilidade de atendê-los. Um dos pedidos já é conhecido: os cinco detentos identificados como chefes do Primeiro Comando da Capital (PCC), facção criminosa paulista com ramificação em vários Estados, querem ser transferidos para alguma penitenciária federal. O governo do Estado já enviou ao Departamento Penitenciário Federal (Depen) a solicitação de transferência desses criminosos e de outros 13.

Os integrantes do PCC ocupam o presídio Rogério Coutinho Madruga, conhecido como pavilhão 5 de Alcaçuz. Dos outros quatro pavilhões de Alcaçuz, três abrigam integrantes do Sindicato do RN, facção criminosa que rivaliza com o PCC o comando de unidades prisionais e, principalmente, o tráfico de drogas no Estado. A delegada e o PM conversam com os chefes das duas facções.

A negociação com presos por parte da PM começou na segunda-feira (16), quando homens do Batalhão de Choque entraram em Alcaçuz e debelaram, por algumas horas, a rebelião iniciada na tarde do sábado (14). Na terça (17), uma reunião entre Bezerra, da Segurança Pública, o secretário de Justiça e Cidadania (Sejuc), Wallber Virgolino, e outros integrantes do setor de inteligência do governo do estado decidiu que as negociações serão encabeçadas pelos dois policiais designados.

Na rebelião iniciada no sábado, celas e salas do Rogério Coutinho – uma das poucas unidades prisionais do RN que ainda estava em perfeito funcionamento – foram destruídas. Em Alcaçuz, essa destruição aconteceu em março de 2015 e desde então o presídio não tem grades nas celas. Os presos passam os dias soltos pelos pavilhões e pátios (veja como funciona o presídio).

Transferências
Nesta quarta-feira (18), 220 presos foram retirados de Alcaçuz e levados para a Penitenciária Estadual de Parnamirim, de onde detentos foram retirados para serem transferidos a outras prisões. Esses detentos são ligados ao Sindicato do RN,. e foram retirados dos pavilhões 1 e 2 por policiais militares do Batalhão de Choque e agentes penitenciários do Grupo de Operações Especiais da Secretaria de Justiça e da Cidadania.

Inicialmente, o governo planejava fazer uma permuta e levar 116 detentos sem ligações com facções de Parnamirim para Alcaçuz. A juíza corregedora responsável pelo presídio, entretanto, impediu. Com isso, esses 116 foram levados para a cadeia pública de Natal. A prisão tem capacidade para acomodar 216 presos, mas com a chegada dos transferidos de Parnamirim passa a abrigar 676.

Durante as transferências, o estado passou a registrar uma onda de ataques, que se estenderam até a madrugada desta quinta-feira (19). Dezesseis ônibus, dois micro-ônibus, um carro do governo do estado, três carros da secretaria de Saúde de Caicó, duas delegacias e um prédio de uma secretaria de Saúde foram alvos de ataques. Não há informação sobre feridos. Os ataques ococrreram em oito cidades do estado.

Ação conjunta prende grupo por diversos crimes na Praia de Pipa


Uma ação conjunta entre a Polícia Civil e a Polícia Militar prendeu, nesta quarta-feira (18) na praia de Pipa, quatro homens por diversos crimes, em cumprimento a mandados de busca e apreensão e de prisão. Dentre eles, foi preso Rodolfo Pereira Ferreira, 22 anos, o qual tinha contra ele um mandado de prisão preventiva, além de um mandado de busca e apreensão, sendo apreendidos em sua residência uma pistola calibre 9 milímetros, 400 gramas de maconha, 200 gramas de cocaína, e R$ 1.300,00 reais fracionados. Ele é suspeito de ter cometido uma tentativa de homicídio contra os irmãos George Tramatzu e Cesar Tramatzu no dia 01 de janeiro deste ano.
Na ação, também foi preso Jeferson Eberton Lima, 22 anos, o qual teria emprestado a arma para Rodolfo cometer os homicídios contra os irmãos. Policiais cumpriram mandado de busca e apreensão contra Jeferson e encontraram em sua casa 100 gramas de maconha, uma pistola calibre 380, munições, e aproximadamente R$ 150,00 reais. Posteriormente, a polícia cumpriu mandados de prisão e prendeu Ruan de Castro Nascimento, 25 anos, e Rômulo Teixeira Macedo, 24 anos, os quais são condenados por tráfico de drogas. Na residência de Ruan, a polícia encontrou 70 gramas de maconha e R$ 300,00 reais fracionados.
Rodolfo foi autuado pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo de uso restrito e tráfico de drogas, crime pelo qual também foi autuado Jeferson, que responderá também por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. Ruan e Rômulo foram presos por sentença condenatória, sendo Ruan autuado, no momento da prisão, por tráfico de drogas.

PORTAL BO