sábado, 21 de abril de 2018

Apodi=Homem é morto a tiros em seresta no Bairro Pequé!



Por volta de 00:20 hs da madrugada deste Sábado dia 21/04, a central de Operações da Policia Militar (COPOM), recebeu a informação de um crime de homicídio por arma de fogo numa seresta que acontecia em um Bar localizado no Bairro Pequé.

Viaturas do GTO e Rádio Patrulha se deslocaram ao local e constataram a veracidade dos fatos. A vítima identificada como Danilo Freitas de Morais, de 22 anos de idade, morador do distrito de Soledade na região da chapada.

Segundo informações repassadas a policia, dizia que a vítima estava na seresta quando teria saído pra ir no banheiro, que fica na parte lateral do bar, e após um momento, foram ouvidos vários disparos de arma de fogo, e em seguida encontrada a vítima caída ao chão sem vida.

No local ninguém soube informar a autoria do homicídio. A Policia Militar isolou o local de crime até a chegada do ITEP, que após os trabalhos de perícia recolheu o corpo para a sede do órgão em Mossoró. O crime será investigado pela delegacia de policia civil de Apodi que tem a frente o delegado Rafael Câmara.

DEPÓSITO DE BEBIDAS SÃO JOÃO!

Mossoró=Jovem é assassinado a tiros no Bairro Boa Vista


A violência continua crescendo e assustando a população mossoroense que ver vidas sendo ceifadas sem trégua.

No início da noite desta sexta feira 20 de abril de 2018, a cidade de Mossoró, localizada na região Oeste do Rio Grande do Norte, registrou mais um homicídio a bala.

Desta vez o crime aconteceu na calçada de uma lanchonete na Rua Manoel João João no Bairrro Boa Vista ,onde um jovem de 22 anos, identificado como, Justo Dantas Neto, foi assassinado no local de trabalho.

Segundo informações, a vítima estava colocando umas cadeiras na carroceria de um carro, para em seguida deixá-las em um local de evento, quando foi surpreendida por dois homens que chegaram em uma moto e atiraram várias vezes em sua direção.

De acordo com operito criminal Renildo Marcelino, Justo Dantas Neto, foi atingido com pelo menso cinco tiros e morreu na hora. Os criminosos fugiram após o crime e até o momento não foram identificados.

Testemunhas relataram que a vítima era um trabalhador e que não tinha envolvimentos com ilícitos, inclusive trabalhava na Lanchonete de Marrom onde foi morto. Há informações de que Justo teria sofrido um atentado recentemente, mas que não foi atingido com os tiros que dispararam contra ele.

O delegado de Plantão Dr. Roberto Moura, que esteve no local, fazendo os primeiros levantamentos sobre o crime, disse que a Polícia Civil, ainda não tem uma linha de investigação.

Fim da Linha

Mossoró=Popular é assassinado em via pública no Conjunto Jardim das Palmeiras ao Lado do Seduc


Mais um crime de homicídio provocado por disparo de arma de fogo é registrado em Mossoró no Oeste Potiguar.

O crime, de acordo com registros da Polícia Militar, aconteceu por volta das 08:20hs desta sexta feira 20 de abril de 2018,, na Rua Piaçava no conjunto Jardim das Palmeiras região do Dom Jaime Câmara próximo ao Ceduc.

A vítima identificada como, Maurício Mendes Caetano, "Birico"que morava na antiga favela do Tranquilim, foi morto com único tiro na cabeça. Segundo informações da PM, a vítima estava em uma mercearia efetuando compras e quando saía do estabelecimento foi alvejado e morto.

O corpo foi isolado pela Policia Militar e após a realização da pericia pela equipe do ITEP o corpo de Maurício foi removido para a sede do órgão para ser necropsiado.

O crime vai ser investigado pela Divisão de Homicídios. Até o momento não há informações sobre motivação e autores do crime. O que a policia civil sabe, é que Birico como era mais conhecido, puxou 13 anos de cadeia acusado de um estupro, a cerca de 15 anos atrás.

Com mais um homicídio registrado em Mossoró, a cidade chega nesta sexta feira aos 84 assassinatos no ano de 2018. Para fins de registros, o homicídio de 84 em 2017, aconteceu no dia 24 de abril daquele ano.

Fim da Linha

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Polícia Militar age rápido, resgata refém, recupera veículo e apreende arma, droga e um menor na região do Geraldo Melo em Mossoró.


Policiais da VTR Malvinas do 12º BPM, composta pelo cabo Saldanha e o soldado Ildones, foram acionados pela Central de Comando da PM, no final da tarde desta quinta feira 19 de abril, para uma ocorrência de roubo com refém no Bairro Costa e Silva em Mossoró.

De acordo com a PM, quatro criminosos armados de escopeta 12, interceptaram um veículo, Honda WRV de cor branca, conduzido por uma mulher, nas proximidades de Josué Buffet e anunciaram o assalto, levando a condutora de refém e fugindo em direção ao Conjunto Geraldo Melo.

Numa ação rápida da Polícia Militar, foi possível visualizar o carro em movimento na região do Geraldo Melo onde houve uma acompanhamento tático, para preservar a integridade física da refém que ainda estava dentro do carro.

Os criminosos ao perceberem que a PM estava se aproximando, resolveram abandonar o veículo com a refém e entraram no matagal. Durante as buscas na região com apoio de outras viaturas, como ROCAM e GTO, os policiais conseguiram apreender um menor, um colete balístico, uma escopeta calibre 12 e um tablete grande de maconha.

Outros três cirminosos, conseguiram fugir pelo matagal. O menor capturado foi conduzido juntamente com o material apreendido para a Delegacia Especializada em Apoio ao Adolescente (DEA) onde ficou a disposição da justiça.

A mulher feita de refém compareceu à delegacia onde registrou o Boletim de Ocorrência e depois dos procedimentos, recebeu da autoridade policial seu veículo de voltra. A refém que viveu momentos de tensão e medo nada sofreu.

Fim da Linha

Criança de seis anos morre afogada em cacimba na zona rural de São Miguel no Oeste Potiguar


José Gabriel Lima Costa de apenas 06 anos, morreu afogado em uma cacimba na Vila de Dr. Acássio na zona rural de São Miguel, região Oeste do Rio Grande do Norte.

O caso aconteceu no início da noite desta quarta feira 18 de abril de 2018 e segundo relatos de familiares, a criança brincava com um amigo também de 06 anos, quando caiu cacimba.

Minutos depois os pais sentiram falta do garoto e saíram para procurá-lo, foi quando encontraram a outra criança que brincava com Gabriel e ao perguntar pelo amigo ele apontou com o dedo para a cacimba.

Quando os pais chegaram na cacimba se depararam com José Gabriel caído na água. Ele ainda chegou a ser socorrido para uma Unidade Básica de saúde de São Miguel, mas já chegou sem vida.

O corpo do pequeno José Gabriel foi examinado nesta manhã de quinta feira (19), no Instituto Técnico Científico de Perícia (ITEP), unidade regional de Mossoró. A Pós a necropsia o corpo foi liberado para a família. O caso chocou a população da comunidade da Vila do Dr. Acácio naquele município.

Fim da Linha

Campo Grande: Policia Militar localiza desmanche, recupera veículos e armas de fogo; Três pessoas são presas


A Polícia Militar de Campo Grande no Oeste do Rio Grande do Norte, em operação na zona rural do município comandada pelo Sgt. Tárcio Fernandes, com apoio dos Sd’s Amaro, Araújo e Filho, desmantelou na manhã de hoje, 19 de abril, um possível desmanche de motos, na localidade de Sitio Condado.

Segundo o Sgt, o proprietário da casa, onde segundo denuncia funcionava o desmanche e foram apreendidos seis veículos de procedência duvidosa é Manoel Isaias Marques, de 28 anos de idade.

Outras duas pessoas também foram detidas no local: Paulo Denis Pereira da Silva de 18 anos de idade, residente no Sitio Cabeça de Boi e Glebson Soares de Oliveira de 31, residente na localidade.

No local foi encontrado uma motocicleta e um Jeep, com a numeração do motor raspada e mais cinco motocicletas sem documentação, além de três armas de fogo, sendo duas espingardas, um revolver e munições de fuzil 7.62. Todo material foi apreendido e conduzido para a Delegacia para os procedimentos.



O Câmera

SEXTA VERDE DO HORTIFRUTI QUEIROZ APODI

Delegacia de Furtos e Roubos de Mossoró e Polícia Civil de São Miguel apreendem oito veículos durante operação naquela cidade


Uma operação desencadeada nesta quarta feira 18 de abril de 2018, pela Delegacia Especializada em Furtos e Roubos de Mossoró, sob o comando do Dr. Luis Fernando e por policiais civis da Delegacia de São Miguel, no Alto Oeste Potiguar, culminou com apreensão de oito veículos irregulares, considerados pela Operação como de estouro na cidade de São Miguel no Rio Grande do Norte.

Os veículos, segundo o Dr. Luiz Fernando, foram comprados através de uma financeira no estado de São Paulo e simplesmente não foram foram pagos e estavam circulando na cidade de São Miguel.

Ainda de acordo com o delegado de DEFUR, este esquema tem se tornado cada vez mais comum em todo o país. Ele consiste em se adquirir, financiado, um automóvel, sendo que, posteriormente, o proprietário repassa o mesmo para uma segunda pessoa, que compra o carro a um preço inferior ao valor de mercado.

"Feito o esquema, tem-se os chamados carros de estouro". Na operação foi apreendido dois Corolla, duas picape Strada, um Golf, uma Saveiro e uma Toro.

Os veículos apreendidos foram encaminhados a Delegacia daquela cidade, para que o delegado adote os procedimentos na forma da lei.

Fim da Linha

RN tem déficit de 10 mil policiais e bombeiros

Policiamento ostensivo no Rio Grande do Norte tem efetivo aquém do previsto em lei (Foto: Ney Douglas)

O Rio Grande do Norte possui um déficit de 10 mil agentes na área de segurança pública – e isso levando-se em consideração somente os policiais civis, policiais militares e bombeiros militares. Atualmente, o estado conta com 9.978 servidores nestas três instituições, bem distante dos 19.681 previstos em lei.

A quantidade mínima de policiais que uma sociedade precisa ter é recomendada por cálculos feitos por especialistas em segurança pública. É considerada a necessidade de se ter um policial para cada grupo de 250 pessoas. No Rio Grande do Norte, é esta mesma orientação que (por meio das leis que regem os estatutos das corporações) fixa os efetivos da Polícia Civil, PM e também do Corpo de Bombeiros Militar. Como o RN possui 3,5 milhões de habitantes, fica compreendido que é preciso ter, no mínimo, 14 mil policiais atuando nas ruas. Hoje, o efetivo total da PM não chega a 8 mil – sendo que 950 estão cedidos a outros órgãos e mais de 500 trabalhando nas guaritas de cadeias e presídios do estado.

Os números que demonstram o descumprimento dos regimentos dos órgãos de segurança e consequentemente de leis aprovadas pelo Executivo estadual foram repassados ao G1 pelas corporações e também pelo próprio governo, por meio da Lei de Acesso à Informação.

Efetivo total da Polícia Civil, PM e Corpo de Bombeiros do RN
9.9789.97819.68119.6819.7039.703AtualPrevistoDéficit05k10k15k20k25k
Fonte: Sinpol-RN, Adepol-RN, Corpo de Bombeiros do RN e Lei de Acesso à Informação (LAI)

Polícia Civil
Na Polícia Civil, o quadro atual é composto por 1.427 policiais, sendo 1.065 agentes, 174 delegados e 188 escrivães. Mas, pela Lei Complementar nº 417, de 31 de março de 2010, o estado deveria ter 4.000 agentes, 350 delegados e 800 escrivães, totalizando 5.150 policiais civis. Ou seja, mais que o triplo do efetivo atual disponível para atuar nas investigações criminais, observa o Sindicato dos Policiais Civis do RN (Sinpol-RN).
Efetivo da Polícia Civil do RN

Fonte: Sindicato dos Policiais Civis do RN (Sinpol-RN) e Associação dos Delegados da Polícia Civil do RN (Adepol-RN)

Rafael Câmara é delegado titular do município de Apodi, e ainda acumula as DPs de outras quatro cidades da região Oeste: Felipe Guerra, Itaú, Severiano Melo e Rodolfo Fernandes. Detalhe: “Só tem eu de delegado e mais dois agentes e não tenho escrivã. A minha escrivã foi removida para Macaíba (na Grande Natal) faz um mês e ainda não repuseram ninguém no local. Então é uma situação bem difícil”, revelou.

“A deficiência de agentes, escrivães e delegados é a causa da falta de eficiência nas unidades. É impossível fazer um trabalho de excelência sem um efetivo mínimo", afirma o delegado Inácio Rodrigues, que tem seis municípios sob sua jurisdição.

"É preciso que ocorram concursos públicos para que a Polícia Civil seja revitalizada”, acrescentou Inácio, que hoje responde pelas delegacias de Pau dos Ferros, São Francisco do Oeste, Luís Gomes, Paraná, Major Sales e José da Penha, todas também na região Oeste do estado.
Delegado Inácio Rodrigues mostra pilha de processos de apenas uma das seis delegacias que ele é responsável (Foto: Inácio Rodrigues/cedida/arquivo pessoal)

Polícia Militar
Na Polícia Militar, a diferença entre o existente e o previsto também é impactante. Atualmente, entre praças e oficiais, a PM potiguar dispõe de 7.978 homens e mulheres, sendo 7.514 praças e 464 oficiais. Contudo, a Lei Complementar nº 449, de 20 de dezembro de 2010, diz que o estado deveria ter um efetivo de 13.466 policiais militares, sendo 12.791 praças e 675 oficiais. É quase o dobro do que realmente existe.
Efetivo da Polícia Militar do RN

Fonte: Lei de Acesso à Informação (LAI)

“O déficit é uma situação que nos preocupa. É grave. Em 2010, por exemplo, éramos 10 mil policiais. As pessoas questionam o motivo de tanta violência, e também se perguntam por que a polícia não consegue dar uma resposta adequada. Não tem mistério, a falta de policiais nas ruas está comprometendo a segurança do cidadão”, ressalta o subtenente Eliabe Marques, presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar do Rio Grande do Norte.

“Se continuarmos convivendo com essa negligência do governo, a PM corre o risco de entrar em um colapso total. E isso é desastroso”, acrescentou Eliabe.

Fora das ruas
Não bastasse o baixo efetivo, parte considerável dos policias militares que compõem a corporação está fora das ruas. Dados obtidos por meio da Lei de Acesso à Informação revelam que 950 PMs, atualmente, estão cedidos a outros órgãos do estado, como secretarias de Justiça e da Cidadania (Sejuc) e da Segurança Pública (Sesed), Tribunal de Justiça, Assembleia Legislativa, Tribunal de Contas, Departamento de Estradas de Rodagens (DER), Detran e algumas prefeituras municipais. Tem oficial da PM até no Exército Brasileiro, no Superior Tribunal Militar/DF e também à disposição da Organização das Nações Unidas (ONU).

E também entra na lista dos que poderiam reforçar o patrulhamento nas ruas outros 321 praças e dois oficiais lotados na Companhia Independente de Guardas, unidade responsável pela vigilância externa das unidades prisionais do estado, e outros mais de 200 PMs lotados em cidades do interior e que também estão desempenhando o papel de agente penitenciário.

Corpo de Bombeiros
Já no Corpo de Bombeiros, o efetivo também carece de reforços. Hoje, a corporação possui pouco mais da metade do que deveria ter. São 573 militares, quando o previsto determina um total de 1.065, segundo a Lei Complementar nº 230, de 22 de março de 2002.
Efetivo do Corpo de Bombeiros Militar do RN

Fonte: Corpo de Bombeiros do RN

“Atualmente, 55% das ocorrências deixam de ser atendidas, principalmente, por falta de efetivo”, ressalta o coronel Luiz Monteiro da Silva Júnior, comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do RN.

“Vinte e quatro cidades do estado deveriam ter unidades do Corpo de Bombeiros, mas só existem seis unidades. São três em Natal e outras três no interior (Mossoró, Caicó e Pau dos Ferros)”, destacou o cabo Dalchem Viana, presidente da Associação dos Bombeiros Militares do RN.

“E o que isso implica? Vou citar o exemplo dos guarda-vidas. Hoje, temos 35 guarda-vidas para cobrir uma extensão de 400 quilômetros de praias. Não há como se falar em desenvolvimento econômico, ou em desenvolvimento do turismo do nosso estado, sem atrelar tudo isso ao desenvolvimento da segurança pública. Por isso é extremamente importante que o estado olhe para o Corpo de Bombeiros”, acrescentou o militar.

O que diz a Secretaria de Segurança
“A segurança pública foi esquecida durante anos. O Governo do Estado, através da Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), iniciou os processos para concursos públicos. Alguns não eram realizados há 20 anos, como o do Corpo de Bombeiros, feito nesta gestão. Iniciamos também o concurso do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), que está em andamento. Sobre o concurso da Polícia Militar, o edital foi questionado pela Justiça e em breve deverá ser republicado. Quanto ao da Polícia Civil, o processo, que ano passado sofreu questionamentos do Tribunal de Constas do Estado, voltou a caminhar e esperamos que ele seja concluído o mais rápido possível", destacou a secretária Sheila Freiras, por meio de nota enviada por sua assessoria de comunicação.

G1 RN

Casal com patrimônio de R$ 5 milhões é preso em Natal suspeito de tráfico de drogas, diz Polícia Civil

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte, por meio da Delegacia Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor), prendeu na manhã desta quinta-feira (19), em um apartamento na Praia de Areia Preta, na Zona Leste de Natal, um casal suspeito de praticar o crime de tráfico interestadual de entorpecentes. Especialistas em comércio de drogas sintéticas, o patrimônio avaliado dos presos seria de R$ 5 milhões, segundo polícia potiguar.
Essa foi a segunda fase da Operação Caça às Bruxas, deflagrada em 15 de março passado pela Polícia Civil do Distrito Federal e que cumpriu mandados de prisão e busca e apreensão em nove estados, incluindo o Rio Grande do Norte. O alvo foi um grupo criminoso interestadual que vendia drogas sintéticas pelo correio, no qual os presos desta quinta-feira fariam parte.
"Aqui, esse cidadão preso hoje não foi encontrado naquela época", explicou Odilon Teodósio, titular da Deicor. "Fomos até uma agência dos Correios na capital e apreendemos na caixa postal uma remessa de comprimidos de ecstasy, uma pequena quantidade diante dos 30 mil comprimidos que ele distribuía semanalmente", acrescentou.
O suspeito comprava cerca de R$ 120 mil reais por mês, em períodos de vendas elevadas, por isso que ele seria tido como o "rei do LSD e do ecstasy", informou a Deicor.
Conforme informou a Polícia Civil, os criminosos vendiam as drogas sintéticas por meio de um perfil falso nas redes sociais. Após o pedido de encomenda, os clientes faziam um depósito bancário e a droga (LSD ou ecstasy) chegava em casa pelos Correios.
Casal ostentação
O casal não poupava dinheiro. Eles estavam em um apartamento de alto padrão na Praia de Areia Preta, possuíam jóias, dinheiro em espécie em euro, e ainda faziam viagens ao exterior com frequência. A última, em fevereiro deste ano, foi para a França e Portugal.
No apartamento onde ocorreu a prisão, a polícia encontrou ainda duas balanças de precisão, uma pequena quantidade de cocaína e dois veículos de luxo, na garagem. Uma quantia de mais de R$ 9 mil, e um mil e duzentos euros, várias jóias, celulares e dois veículos de luxo, pertencentes ao casal, também foram apreendidos.
Essa foi a segunda prisão do homem em menos de um mês, como relatou o delegado titular da Deicor, Odilon Teodósio. Segundo ele, o suspeito foi preso em flagrante por tráfico de drogas no município de Dourados, em Mato Grosso do Sul, no dia 24 de março passado. Mas foi liberado pela Justiça Federal no dia seguinte.
Lavagem de dinheiro
A esposa do suspeito também foi presa como cúmplice. De acordo com a Deicor, ela tem uma empresa de entretenimento que atua na produção de festas raves.Ela aproveitaria os eventos para distribuir drogas sintéticas, como LSD e ecstasy.
"Ela é cúmplice, principalmente com a lavagem de dinheiro do esposo", afirmou o delegado da Deicor. O material apreendido no estado irá para a Polícia Civil do Distrito Federal.

G1/RN

Fugitivos do CEDUC de Caicó se entregam à Polícia Militar após cerco no rio Seridó


Depois de uma grande movimentação policial envolvendo CIPAM, Cavalaria, Rádio Patrulha e o GTO de Caicó, os cinco jovens e adolescentes fugitivos do CEDUC se sentiram acoados e resolveram se entregar.
Na madrugada quando fugiram do órgão, na cidade de Caicó, os cinco rapazes invadiram a casa de um cinegrafista e conseguiram subtrair vários objetos, entre os quais, moedas e dinheiro antigo (colecionadores).
Os cinco fugitivos correram em direção ao rio Seridó, onde foram capturados. Cercados por viaturas e homens de Polícia Militar, os infratores não tiveram outra saída a não ser negociar para voltar à casa educativa.
A vítima registou boletim alegando ter tido uma quantia superior a mil reais, subtraídos. Na posse dos menores havia uma quantidade em dinheiro, que serão devolvidos à vítima, que esteve na delegacia frente aos infratores. 

Blog Jair Sampaio

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Em Janduís no Oeste Potiguar popular é executado a tiros no meio da rua


A cidade de Janduís, a 99 Km de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte, foi palco de mais um assassinato. O crime com característica de execução ocorreu no início da noite desta quarta feira 18 de abril de 2018, na Rua da Floresta no Centro da cidade.
Um homem identificado como Gabi Linhares, 38 anos, foi morto com vários tiros em via pública. 

Segundo informações repassadas pela Polícia Militar da cidade, a vítima estava sentado em sua moto conversando com uma pessoa, quando foi surpreendida por dois homens que chegaram em uma motocicleta e efetuaram vários disparos de pistola e escopeta 12 em sua direção.

Após o crime, os atiradores fugiram em sentido ignorado e até o momento não foram identificados. A polícia ainda não tem informações sobrer a motivação do crime, que será investigado pela Delegacia de Polícia Civil de Patú.

O corpo de Gabi Linhares, foi periciado no local pela equipe do ITEP e encaminhado para a sede da Unidade Regional do órgão em Mossoró, para ser necropsiado e depois liberado para sepultamento.

Fim da Linha

Operação prende quatro em flagrante e apreende armas e drogas na região Oeste potiguar

Ação conjunta do MP e das polícias Militar e Civil foi deflagrada nesta quarta-feira (18) em Assu. Dez mandados foram cumpridos no município.

Por G1RN
Operação Kiriri-Açu foi deflagrada nesta quarta (18) para combater o tráfico de drogas em Assu, RN (Foto: MPRN/Divulgação)

Quatro pessoas foram presas em flagrante, com armas, e 10 mandados de busca e apreensão cumpridos na manhã desta quarta-feira (18), no município de Assu, região Oeste potiguar. A Operação Kiriri-Açu foi uma ação conjunta do Ministério Público com as polícias Civil e Militar e também apreendeu dinheiro, munições, dinheiro e materiais utilizados no tráfico de drogas.

Segundo o MP, o objetivo da ação era combater a criminalidade na região conhecida como "Buraco d'água", em Assu. As investigações do MPRN concluíram que os locais serviam para armazenar entorpecentes e armas utilizados no tráfico de drogas. O nome da operação, Kiriri-Açu, é uma expressão em tupi-guarani que significa "grande sossego", em referência à ideia de pacificação na região.

Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos em casas e um estabelecimento comercial na região. Além do dinheiro e das munições apreendidos, ofram encontros itens relacionados ao tráfico de drogas, como balança de precisão, lâminas para corte de droga e material para embalagem.

As investigações foram comandadas pelas Promotorias de Justiça Criminais de Assu, com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do MPRN (Gaeco) do MPRN. Segundo os promotores, ela foi iniciada após a ocorrência de uma série de atos de violência no município, também investigados pela Polícia Civil.

As investigações vão continuar no âmbito do Ministério Público e Polícia Civil para que os envolvidos sejam denunciados.

Menino de 12 anos desaparece no Rio Potengi, na Grande Natal

Caso aconteceu na tarde desta quarta-feira (18) na zona rural de São Gonçalo do Amarante.

Por G1RN
Roberto Jefferson Araújo desapareceu durante banho no rio Potengi (Foto: Arquivo pessoal)

Um menino de 12 anos desapareceu na tarde desta quarta-feira (18) enquanto tomava banho no rio Potengi, na zona rural de São Gonçalo do Amarante, município da Grande Natal. Segundo a mãe do garoto, ele saiu de casa sem que ela soubesse.

Roberto Jefferson Araújo chegou da escola por volta de 12h, e sem que os pais percebessem, foi tomar banho com um amigo da mesma idade em um trecho do rio Potengi que corta o distrito de Igreja Nova.

O colega de Roberto Jefferson disse que viu o menino se afogando, ele ainda tentou segurar o amigo, mas não conseguiu. Desesperado, o garoto foi avisar aos pais, que chamaram os bombeiros.

De acordo com a assessoria de comunicação do Corpo de Bombeiros, a equipe começou as buscas por volta das 15h. Ao anoitecer, os militares suspenderam as busca alegando não ter equipamento apropriado, e que disseram que retomariam o trabalho na manhã desta quinta-feira (19).

Aflita, a dona de casa Sandra Nascimento da Silva, mãe do menino Roberto Jefferson, disse que não viu o garoto sair, mas mantém a esperança de encontrar o filho. "Eu não vi ele saindo. Se tivesse visto, não tinha deixado, com esse rio, do jeito que tá. Mas nós vamos continuar aqui procurando, a esperança é a última que morre”.

Pais do garoto mantém esperança de encontra o filho (Foto: Rafael Barbosa/G1 RN)

FEIRA DO BRÁS EM APODI!

Alôo Apodi!!!
Vem aí a famosa feira do Brás e 25 de março diretamente de São Paulo, trazendo novidades para vcs!!!

Olha quem não vai até São Paulo, São Paulo vem até vc. Trazendo bolsas, roupas masculinas, femininas, bijuterias, lindos relógios, eletrônicos e muito mais. Venham no club ACDA das 09:00 da manhã as 21:00hs, sem pausa para o almoço. Pra quem é lojista e atacadista aproveitem .

Atendemos todos os públicos. Corram são apenas 4 dias. De sábado até terça., Não percam Na ACDA.
Aceitamos todos os tipos de cartões. Aproveitem!!!!

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Mossoró=Ex-presidiário é executado com 10 tiros no Loteamento Santa Helena


A cidade de Mossoró na região Oeste do Rio Grande do Norte, registra mais um crime de homicídio provocado por disparos de arma de fogo, o 83º do ano de 2018.

O crime aconteceu por volta das 21h30min, desta terça feira 17 de abril, na Rua Missionário José Luiz de Queiroz no Loteamento Santa Helena, região do Santo Antônio. O ex-presidiário Moisés Evangelista de Melo foi assassinado com cerca de 10 tiros, sete dos quais atingiram a região da cabeça.

Ele foi encontrado caído no muro da frente de uma residência abandonada naquela localidade. Policiais Militares foram acionados pelo CIOSP que comunicou ter havido disparos de arma de fogo naquele local. Quando as guarnições do Santo Antônio, GTO e do Fiscal de Operações chegaram no local se depararam com a cena do crime.

A Polícia recebeu informações da família de que Moisés estava em sua casa, no Conjunto Liberdade, quando homens chegaram em um carro HB20 e o chamaram para sair. O mesmo trocou de roupa e saiu com os amigos até o Santa Helena onde foi morto. A Polícia acredita que o ex-presisiário foi morto pelos próprios amigos que o pegaram em sua casa.

A perícia criminal, não encontrou no local nenhum vestígio que pudesse identificar a arma usada no crime, como por exemplo estojos ou cápsulas. Após a perícia no local do crime realizada pela equipe do ITEP com a presença da equipe do Delegacia de Plantão, sob o comando do Dr. Roberto Moura, o corpo foi removido e encaminhado para o setor de medicina legal onde será examinado.

Moisés Evangelista de Melo, respondia processos nas comarcas de Mossoró e Upanema, por roubo (art. 157) e Porte ilegal de arma de fogo (art. 14) (Ver processos)

Com mais um crime de homicídio registrado em Mossoró, a cidade passa a contabilizar 83 assassinatos em 2018. O caso será investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Fim da Linha

Suspeito de assalto é morto durante perseguição policial na Zona Leste de Natal; comparsa é baleado e preso

Caso aconteceu na manhã desta terça-feira (17) no bairro Alecrim. Homem preso foi baleado pela PM. O que morreu, ainda não se sabe quem atirou.

Por G1RN
Suspeito de assalto é morto na Zona Leste de Natal (Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi)

Um homem foi morto a tiros na manhã desta terça-feira (17) no Alecrim, bairro da Zona Leste de Natal. Ele e um segundo suspeito estavam sendo perseguidos por policiais militares quando uma pessoa, ainda não identificada, fez os disparos. O comparsa, que foi baleado na perna pelos PMs, foi preso.

O morto ainda não foi identificado, e o homem que atirou nele fugiu logo em seguida. Já com o preso, os policiais encontraram dez aparelhos celulares e alianças. Uma moto roubada também foi recuperada.

De acordo com a assessoria de comunicação da PM, a dupla foi vista em uma motocicleta circulando em atitude suspeita pelas ruas do Alecrim. Quando os policiais se aproximaram, a moto saiu em arrancada. Houve perseguição e a dupla, em determinado momento, atirou contra os policiais. Houve revide. Como um dos suspeitos foi atingido, a dupla perdeu o controle da moto e caiu.

Ainda segundo a PM, o suspeito que não foi atingido durante a troca de tiros se levantou e saiu correndo. Depois, ele ainda teria tentado roubar uma moto. Foi quanfo uma pessoa, ainda não identificada, percebeu a ação do suspeito e atirou. O homem baleado morreu no local.

Além dos dez telefones celulares, com o homem preso a PM recuperou uma moto com queixa de roubo e alianças, que segundo a polícia também são fruto de roubos.

PM de Upanema prende foragido da justiça na comunidade de Mirandas Zona Rural de Caraúbas/RN


Policiais militares da VTR do Destacamento de Polícia da Cidade de Upanema sob o Comando do Sargento Juscelino, lotados do 12º Batalhão de Policia Militar de Mossoró, prenderam um indivíduo identificado como sendo: ALEILSON MELQUIADES DE OLIVEIRA, que seguia numa motocicleta com destino a Comunidade das Mirandas na Zona Rural de Caraúbas/RN, o mesmo estava de posse de celulares de procedências duvidosas, sem notas fiscais, possivelmente produtos de roubo.
Após ser abordado e preso nesta terça feira, 17 de abril de 2018, pelos militares da VTR/Upanema, foi realizada uma averiguação sobre a vida pregressa do suspeito, sendo constatada a existência de um mandado de prisão em seu desfavor, expedida no dia 26 de janeiro de 2018, pelo Juiz Thiago Lins Coelho Fonteles em substituição legal na Vara Única da Comarca de Caraúbas/RN.
Ainda segundo informes da polícia ALEILSON é conhecido na Cidade de Upanema e suspeito de comercializar entorpecentes na cidade, após ser preso foi encaminhado até a Delegacia Municipal de Upanema, aonde foi apresentado ao Delegado André Albuquerque, que comandou os procedimentos cabíveis e legais dentro da lei, ficando a disposição da justiça.

4DZPatrulha