sábado, 12 de maio de 2018

Upanema-RN=Dois irmãos são executados dentro de casa na comunidade de Miranda.

Uma das vítimas identificado como Hércules Lopes, 19 anos

Dois irmãos identificados como Edson Charles Lopes Sales, 22 anos e Hércules Lopes, 19 anos, foram mortos a tiros dentro de casa no inicia da madrugada deste sábado 12, na comunidade de Miranda, zona rural de Upanema, no Oeste do Rio Grande do Norte.

De acordo com a Polícia Militar de Caraúbas as vítimas estavam em sua residência com a família quando por volta das 00h, três elementos chegaram e mandaram o pai, mãe e o irmão mais novo saírem da casa e na sequencia efetuaram diversos disparos de arma de fogo contra os dois. Os criminosos fugiram sem deixar pistas.

Uma das vítimas morreu no local e a outra ainda foi socorrido para o Hospital Regional Dr. Aguinaldo Pereira da Silva, em Caraúbas, no entanto, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

O Sgt. Alves informou a reportagem do site Icém Caraúbas que Hércules Lopes tinha envolvimento com práticas ilícitas. O caso será investigado pela Delegacia de Polícia Civil.

Icém Caraúbas

Acidente com vítima fatal na BR-304 próximo à entrada de São Rafael




Na madrugada de hoje, 12 de maio, por volta das 03;hs, a polícia militar foi informada de que teria acontecido um acidente com vítima fatal na BR-304, nas proximidades da entrada de São Rafael, envolvendo um caminhão Baú e um veículo tipo Besta.

Segundo informações, uma família viajava na Besta, que vinha com cerca de oito pessoas, a família estava vindo da cidade de Itajá, onde tinham ido dar o último adeus a um familiar que tinha falecido e que o corpo estava sendo velado na comunidade de Acauã, na zona rural de Itajá.

Ao se aproximar na entrada de São Rafael, o motorista da besta teria invadido a contramão, possivelmente um cochilo, ocasionou o acidente. O motorista teve uma das mãos decepada, pernas quebradas e o crânio esmagado.

A família que viajava na Besta estava indo para a cidade de Macaíba. Já o caminhão era de frete e não temos a identificação do motorista de ambos os veículos e nem dos passageiros.

Duas pessoas foram socorridas pela equipe do Samu com suspeitas de fraturas. A PM como sempre, segue fazendo o isolamento do corpo e auxiliando o trânsito no LOCAL aguardando a chegada da PRF.

Focoelho

Mulher é encontrada morta dentro de casa no Conjunto Nova Mossoró


A jovem dona de casa, Barbara Nisiara Rocha de Souza, 20 anos de idade, natural de Santana do Matos/RN, foi encontrada morta dentro de sua casa, localizada na Rua Fiat no Conjunto Nova Mossoró,no início da madrugada deste sábado 12 de maio de 2018, em Mossoró no Oeste do Rio Grande do Norte.

Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, que isolou o local para fins de perícia, o dono da casa ao chegar de viagem por volta de 00h30min, encontrou sua esposa caída em um dos cômados da residência e acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Uma equipe da Unidade de Suporte Avançado foi ao local, onde constatou que a jovem estava em óbito e por identificar uma lesão em sua cabeça, solicitou a presença do Itep e da Delegacia de Plantão da Polícia Civil que realizaram procedimentos no local.

O corpo da jovem dona de casa, foi periciado, removido e encaminhado ao setor de medicina legal do ITEP para atestar a causa da morte. O perito criminal Renildo Marcelino, informou que só o exame de necropsia pode identificar a causa da morte, mas que possivelmente Barbara tenha sofrido um infarto fulminante e a lesão na cabeça pode ter sido causada pela queda.

Ainda de acordo com a perícia, é possível que a jovem tenha morrido durante a tarde, tendo em vista que o corpo já apresentava rigidez. O delegado de plantão, Dr. Roberto Moura acompanhou os trabalhos da perícia e disse a reportagem do Fim da Linha, que vai aguardar o resultado do exame cadavérico.

Fim da Linha

PM fecha matadouro clandestino no Agreste potiguar

Ação aconteceu nesta sexta-feira (11) na cidade de Santo Antônio.

Por G1RN
Policiais encontraram pedaços de animais pendurados em matadouro clandestino (Foto: Divulgação/PM)

Um matadouro ilegal foi fechado pela polícia na manhã desta sexta-feira (11) em Santo Antônio, na região Agreste potiguar. O local tinha animais abatidos e também vivos, em um espaço sem qualquer higiene, ao lado de um esgoto a céu aberto. Oito pessoas foram conduzidas à delegacia suspeitas de envolvimento na atividade clandestina.

De acordo com o major Franklin Ramalho, comandante da Companhia Ambiental da PM, a ação da polícia aconteceu em conjunto com o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), após uma denúncia. “Já tínhamos há alguns dias a informação de que o matadouro existia e hoje encontramos”, conta o oficial.

Dentro de um freezer, os policiais encontraram vários pedaços de carne, além dos três animais abatidos no chão e outros cinco pendurados por ganchos. Em um curral logo ao lado, estavam ainda outros oito bovinos, todos vivos.

O major Ramalho informou ainda que a polícia vai apurar a procedência dos animais, porque há muitos registros de roubos de bois e vacas na região.

No mesmo terreno do matadouro ilegal a PM encontrou esgoto a céu aberto (Foto: Divulgação/PM)

POLICIA MILITAR LOCALIZA DOIS VEÍCULOS PARCIALMENTE DESMONTADOS EM MATAGAL EM MOSSORÓ.


O G. T. O, foi acionado na tarde desta sexta feira 11 maio 2018, para uma ocorrência onde populares informaram ao CIOSP, ter visto pelo menos dois veículos dentro do mato, parcialmente desmontados, entre a Comunidade de Riachinho e Rancho da Caça, Zona Rural de Mossoró. Os policiais constataram a informação. Um HB20 preto de placa QGK-3967 e um Siena cor branca placa OWF-0310, os dois com queixa de roubo, estavam sendo desmontados aos poucos. Os veículos foram levados para a DEFUR, para os procedimentos cabíveis e a devolução ao legítimo dono.


Passando na Hora

sexta-feira, 11 de maio de 2018

Guarda Civil Municipal de Mossoró recupera quatro motocicletas com queixa de roubo


A Guarda Civil Municipal recuperou nesta quinta feira 10 de maio quatro motocicletas com queixas de roubo em Mossoró no Oeste do Rio Grande do Norte. Os veículos foram localizados nas regiçoes do Conjunto Odete Rosado, e Papôco, sendo três deles estavam intactas e um em processo de desmanche.

A primeira motocicleta é uma Honda NRX160cc Broz, de cor azul, ano 2017, placa QGJ-6235. A mesma ainda estava com a chave na ignição. Já a segunda moto, trata-se de uma Honda NXR 160 Bros, de cor vermelha, ano 2016/2017, de placa QGN-5331, também com chave na ignição e essa por última sem os retrovisores.

Já a terceira motocicleta recuperada no dia de hoje, foi localizada no bairro Papoco e trata-se de uma Traxx Moby, 50 cc de cor prata e com queixa de roubo. A motocicleta já estava em processo de desmanche. 

A quarta motocicleta encontrada, trata-se de uma Honda XRE 300, de placa OWF 4785, roubada na semana passada. durante um assalto de frente a uma escola, onde o criminoso chegou e anunciou o assalto e abandonou uma Bros. 

As motocicletas recuperadas nesta quinta feira (10), por equipes da Guarda Civil Municipal, foram encaminhados à Delegacia de Furtos e Roubos, no Abolição IV para procedimentos.

Participaram das ocorrências, o Pelotão de Ação Ambiental Municipal (PAAM), Ronda Ostensiva Municipal (ROMU), Grupamento de Ações Táticas Especiais (GATE) e também a Ronda Preventiva Escolar (ROPE).

Fim da Linha

OPERAÇÃO DA POLÍCIA CIVIL DESARTICULA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA NA REGIÃO OESTE DO RN.


Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado - DEICOR-com apoio da Delegacia Municipal de Assú-RN,cumpririam na manhã desta quinta feira 10 de maio de 2018,dois mandados de busca e apreensão, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa estabelecida na região do Vale do Assú.

Um mandado de busca foi cumprido na cidade de Fernando Pedrosa, na residência de Jean Alesson Souza de Lima, onde foram encontradas munições e uma balaclava.

O segundo mandado foi cumprido na cidade de Assú, na residência de Francisco de Assis de Souza, onde foram encontrados adesivos de rótulos de Whisky, bem como várias cópias de selos que atestam a importação de bebidas alcoólicas e outros do psedo-importador, todos utilizados para adulteração e venda de bebidas, além de uma identidade falsa em nome de Antônio de Assis de Sousa Neto e inúmeros cheques de diversos valores.

No momento das buscas Jean recebeu voz de prisão pela posse de munições, enquanto que Francisco não estava na sua residência,porém será indiciado no inquérito policial que tramitará pela Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado - DEICOR.

Os policiais da Divisão reafirmam o compromisso com a sociedade e deixam claro que o crime será sempre combatido com o máximo rigor da lei, em qualquer região do estado.
"Aos guerreiros a coragem e a Fé de vencer... Aos covardes uma toca para se esconder"

Passando na Hora

Mais informações sobre os acusados de matarem professor de geografia


Uma investigação da 7a. Delegacia de Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar, resultou na prisão de Jefferson Adrielle Melo da Silva, 26 anos e João Vitor Fernandes da Silva, nesta quarta-feira (09). Os dois são suspeitos de terem matado o professor de geografia Judson Rodrigues de Castro que desapareceu, nesta terça-feira (08).

Na manhã da quarta-feira (09), foi informado a polícia que o carro da vítima havia sido abandonado em um posto de gasolina no bairro das Quintas, Zona Oeste de Natal. Após investigações feita pela Polícia Civil, foi identificado que o carro era realmente do professor desaparecido. A partir da localização do veículo, foram feitas diligências e constatado que o automóvel estava à venda no bairro do Alecrim. 

No decorrer das investigações os policiais conseguiram localizar e prender em flagrante os suspeitos pelo assassinato de Judson Rodrigues. De acordo com a polícia, após a prisão eles confessaram que haviam cometido o homicídio e que tinham enterrado a vítima no quintal da casa de Jefferson Adrielle, localizado no Município de São Gonçalo do Amarante. Os suspeitos foram autuados pelo crime de homicídio.

PC/ASSECOM

Professor morto e enterrado na Grande Natal foi vítima de latrocínio, diz delegado

Dois suspeitos presos confessaram a morte de Judson Rodrigues de Castro, de 33 anos, que alegaram envolvimento com a vítima. Contudo, delegado acredita que o objetivo era vender o carro do professor.

Por Anderson Barbosa, G1RN
Professor, Judson Rodrigues de Castro dava aulas de geografia (Foto: Arquivo Pessoal)

Para a Polícia Civil, o professor Judson Rodrigues de Castro, de 33 anos, morto e enterrado no quintal de uma casa na cidade de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte). A revelação foi feita ao G1 pelo delegado Donny Exôdo Lima Cavalcante, responsável pela investigação e prisão de dois suspeitos do crime. O corpo do professor, que dava aulas de geografia, foi encontrado na tarde desta quarta (9), no momento da prisão da dupla.

Embora um dos suspeitos revele um suposto envolvimento com o professor, para o delegado os presos planejaram o crime com o objetivo de vender o carro da vítima e repartir o dinheiro. “A princípio, imaginávamos estar diante de um crime passional. Mas, a motivação revelada pela dupla é muito fútil. A investigação avançou e acreditamos estar diante de um caso de latrocínio. Afinal, eles ficaram com o carro do professor e depois tentaram negociar o veículo”, afirmou Cavalcante.

O caso
O professor, que havia sido visto pela última vez com vida na tarde da terça-feira (8), foi encontrado morto na tarde desta quarta (9). O corpo estava enterrado no quintal da casa de um dos suspeitos, que mora em São Gonçalo do Amarante. A descoberta aconteceu por causa do carro da vítima, que foi achado pela polícia quando estava prestes a ser vendido por um corretor de veículos. Foi este homem quem revelou à polícia o nome de um homem que teria ficado encarregado de vender o automóvel.

Ainda no início da tarde desta quarta, moradores do bairro Nordeste chamaram a PM e informaram que havia, em um posto de combustíveis, um carro abandonado desde a terça. Quando os policiais chegaram, se depararam com um homem tentando abrir o veículo. Ao ser abordado pelos policiais, ele se apresentou como corretor de veículos e disse que o carro seria negociado com terceiros. O automóvel, porém, pertencia ao professor Judson, que estava sumido desde o dia anterior. Por este motivo, o corretor foi levado à delegacia para prestar esclarecimentos.

Na delegacia, o corretor disse o nome da pessoa que passou o carro para ele. Foi essa pessoa quem revelou o endereço da residência onde mora um dos suspeitos preso, que acabou entregando o comparsa, que também acabou detido.

Em interrogatório, os dois homens presos confessaram ao delegado Donny Cavalcante terem matado a vítima e enterrado o corpo no quintal da casa. Com apoio dos PMs, a equipe da 7ª Delegacia de Polícia Civil foi até a residência e encontrou o cadáver.

Fuga de presos em cadeia de Natal aconteceu em momento de 'descuido dos agentes de plantão', diz Sejuc

Detentos aproveitaram a chuva e o apagão em um dos refletores para pular o muro e fugir da unidade nesta quarta-feira (9).

Por G1RN
Presos se aproveitaram da escuridão para escapar (Foto: Inter TV Cabugi/Reprodução)

A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) afirmou através de nota que a fuga ocorrida na noite desta quarta-feira (9) na Cadeia Pública de Natal Professor Raimundo Nonato foi um “descuido” dos agentes penitenciários. A pasta enviou o comunicado na tarde desta quinta-feira (10), em que diz também que os detentos eram de confiança.

“Presos por roubo desde dezembro de 2017, os apenados, numa ação configurada como quebra de confiança, evadiram-se no momento em que atuavam na cozinha. Aproveitaram um descuido dos agentes do plantão”, afirma a Sejuc na nota.

Segundo a Polícia Militar, os detentos aproveitaram a chuva e o apagão em um dos refletores para pular o muro e fugir da unidade. Os presos que fugiram trabalhavam na cozinha e ajudavam na rotina do presídio, por isso tinham tratamento diferenciado e dormiam em alojamentos do setor administrativo.

Os fugitivos foram identificados como sendo José Severo da Silva Júnior, de 21 anos, e Francisco Leandro Lopes da Silva, de 28. De acordo com o que informou a Secretaria de Justiça e Cidadania, era 19h30 quando eles pularam uma janela, tendo acesso à área externa da unidade. As circunstâncias da evasão serão apuradas pela Secretaria de Justiça e Cidadania.

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Cabo da PM é morto a tiros na Zona Norte de Natal

Crime aconteceu na noite desta terça-feira (8) no conjunto Nova Natal. Waldembergue Cruz de Lima tinha 45 anos. Ele foi o 13º policial militar assassinado este ano no Rio Grande do Norte.

Por G1RN
Cabo da PM é morto a tiros na Zona Norte de Natal (Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi)

Um cabo da Polícia Militar foi morto a tiros na noite desta terça-feira (8) no conjunto Nova Natal, na Zona Norte da capital potiguar. Waldembergue Cruz de Lima tinha 45 anos. Ele tinha acabado de cortar o cabelo, e foi baleado quando saía do salão. O cabo foi o 13º policial militar assassinado este ano no Rio Grande do Norte. Ano passado foram 17.

Segundo a PM, o cabo estava saindo do salão quando foi cercado por dois homens. Os criminosos teriam dito: perdeu... perdeu... Em seguida, atiraram várias vezes contra o policial. Pelo menos quatro tiros atingiram Waldembergue.

Waldembergue Cruz de Lima tinha 45 anos (Foto: Arquivo pessoal)

O policial ainda foi socorrido por colegas no carro dele, mas não resistiu e morreu ao dar entrada no Hospital Santa Catarina, também na Zona Norte da cidade.

Waldembergue Cruz estava na Polícia Militar desde 1999. Ele deixa mulher e dois filhos.

A PM informou que nada foi levado do policial. Buscas foram feitas pela região, mas nenhum suspeito foi encontrado.

PMs assassinados em 2018
1 - Cabo Carlos Alberto Araújo da Costa, de 48 anos. Foi morto a tiros no dia 7 de janeiro no bairro das Rocas, na Zona Leste de Natal. Ele era lotado na Companhia Independente de Policiamento de Turismo (CIPTUR).
2 - Sargento André Mário Dantas Siqueira, de 40 anos. Foi morto a tiros no dia 15 de janeiro em uma festa no bairro Golandim, em São Gonçalo do Amarante. O policial trabalhava na Companhia Independente de Policiamento de Guardas.
3 - Sargento José Ailton de Lira, de 51 anos. Foi morto a tiros no dia 26 de janeiro na comunidade de Jacaré Mirim, em São Gonçalo do Amarante. Ele trabalhava no patrulhamento da cidade de Ceará-Mirim.
4 - Sargento da reserva Itagibá Maciel de Medeiros, de 54 anos. Foi morto a tiros na manhã do dia 29 de janeiro no município de Extremoz, na Grande Natal.
5 - Cabo Darlan Santana Carvalho, de 40 anos. Morreu na tarde do dia 29 de janeiro após ser baleado na cabeça, pela manhã, em uma tentativa de assalto a uma farmácia no bairro Planalto, na Zona Oeste de Natal.
6 - Cabo William Soares, de 40 anos. Foi morto no dia 28 de fevereiro no bairro Pajuçara, na Zona Norte de Natal. Ele assistia a um jogo de futebol na casa de um amigo quando trocou tiros com criminosos.
7 - Sargento da reserva Luiz Valdécio Faustino, de 57 anos. Foi morto no dia 23 de março em Mossoró. Ele transitava de moto, ao lado do aeroporto da cidade, quando foi perseguido e assassinado.
8 - Soldado Caroline Pletsch, de 32, era da PM de Santa Catarina. Ela e o marido, que também é PM, foram alvos de um assalto a uma pizzaria na Zona Norte de Natal e baleados. O crime aconteceu no dia 26 de março. Ela ainda foi socorrida, mas não resistiu. O marido sobreviveu.
9 - Cabo Dioclécio Ferreira da Lima Júnior, de 40 anos. Foi morto durante um assalto na saída de um banco na Zona Sul de Natal, crime ocorrido no dia 4 de abril. Um dos bandidos levou um malote de dinheiro que estava com ele. O cabo ainda foi socorrido, mas não resistiu.
10 - Sargento da reserva Helton Cabral da Silva, de 42 anos. Foi morto a tiros no dia 8 de abril em São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Natal. O dono da cigarreira onde ele estava também morreu.
11 - Sargento José Edivaldo do Nascimento, de 46 anos. Foi morto no dia 21 de abril. Baleado durante uma tentativa de assalto no bairro Alecrim, na Zona Leste de Natal, ele ainda foi socorrido, mas não resistiu e morreu no hospital.
12 - Subtenente da reserva Raimundo Ribeiro da Silva, de 65 anos. Foi executado a tiros no dia 4 de maio. O crime aconteceu dentro de uma granja na zona rural de São Gonçalo do Amarante.
13 - Cabo Waldembergue Cruz de Lima, de 45 anos. Foi morto a tiros na noite do dia 8 de maio ao sair de um salão onde havia acabado de cortar o cabelo. O crime aconteceu no conjunto Nova Natal, na Zona Norte de Natal.

Aeronave da FAB pousa no Aeroporto Dix Sept Rosado trazendo presos para o Presídio Federal de Mossoró.


Uma aeronave da Força Aérea Nacional (FAB) pousou na noite desta terça feira 08 de maio de 2018, no Aeroporto Dix Sept Rosado em Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte, trazendo em sua bagagem cerca de 08 presos do Sistema Penitenciário Federal.

Os detentos foram levados, sob forte esquema de segurança, em veículos do do Departamento Penitenciária Federal, para o Presídio Federal de Segurança Máxima de Mossoró, localizada as margens da RN 015 na estrada que liga o município à cidade de Baraúna.

Jornalistas e Blogueiros que foram ao Aeroporto para registrar a chegada dos detentos, não conseguiram qualquer tipo de informação sobre identidade e origem dos presos.

Fim da Linha

Acidente com vitima fatal na RN 015 próximo a cidade de Baraúna


Francisco Evangelista da Rocha Sobrinho, de 23 anos de idade, morreu vitima de colisão de motocicleta com um caminhão, no final da noite de ontem, 08 de maio, próximo ao Posto Fiscal, na RN 015, entre a cidade de Baraúna e a divisa com o estado do Ceará.

Segundo informações, Evangelista trafegava de motocicleta com um amigo e foram colhidos por um caminhão Mercedes, que fugiu do local sem prestar socorro às vitimas. Evangelista morreu no local. A outra pessoa que vinha com ele na moto foi socorrida para o Hospital de Baraúna e precisou ser transferido para Mossoró.

Com a violência do impacto a motocicleta que eles estavam pegou fogo.

Agentes do Distrito de Policia Rodoviário Estadual “4º DPRE” de Mossoró, que atenderam a ocorrência localizaram parte do para-choque de um caminhão Mercedes amarelo no local do acidente.

A Policia Militar de Baraúna fez o isolamento do local para os procedimentos da equipe de plantão no Itep em Mossoró, para onde o corpo foi removido e deverá ser necropsiado.

O Câmera

Menino de 3 anos morre atropelado por caminhão na Zona Norte de Natal

Leonardo Gurgel dos Santos, de 3 anos, morreu atropelado por um caminhão na Zona Norte de Natal (Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi)

Um menino de 3 anos de idade morreu atropelado por um caminhão no final da manhã desta terça-feira (8) no bairro Pajuçara, Zona Norte de Natal. Ele atravessava a avenida Moema Tinôco com a mãe, quando soltou a mão dela e avançou, sendo atingido pelo veículo.

A vítima foi identificada como Leonardo Gurgel dos Santos. O motorista não ficou no local e a polícia ainda não sabe a localização dele.

A mãe atravessou uma das faixas da avendia, próximo à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro, com uma criança no colo e segurando uma das mãos de Leonardo. Eles pararam no meio da rua para esperar que os veículos passassem, completando a travessia.

Porém, o menino teria soltado a mão da mulher e avançado. Um caminhão tipo caçamba vermelho que passava pelo local, passou por cima do menino, que foi atingido pelas rodas traseiras. Ele morreu na hora, antes de qualquer socorro.

Abalada, a mãe da criança foi amparada por pessoas que estavam na rua.

Após o acidente, a Polícia Rodoviária Estadual, a Polícia Civil e o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) foram acionados ao local para começar as investigações e realizar perícia. A polícia não sabe se o motorista do caminhão percebeu o atropelamento.

Policiais interditaram avenida Moema Tinôco, na Zona Norte de Natal, onde menino de 3 anos morreu atropelado por caminhão (Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi).

G1RN/ Inter TV Cabugi

Polícia Civil e PM apreendem 100 quilos de drogas na Grande Natal

Droga apreendida foi levada para a 2ª Delegacia de Polícia Civil de Parnamirim (Foto: PM/Divulgação)

Policiais civis, com apoio de policiais militares da Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (ROCAM), apreenderam nesta terça-feira (8) em Parnamirim, cidade da Grande Natal, cerca de 100 quilos de drogas. Três pessoas foram presas. Os detalhes da ocorrência, no entanto, ainda não foram divulgados.

A Polícia Civil informou apenas que a droga e os presos foram encaminhados para a 2ª Delegacia de Polícia Civil de Parnamirim, que fica no bairro de Nova Parnamirim.

G1RN

Operação encontra fraudes em bombas de combustíveis em Natal


Uma operação conjunta do Instituto de Pesos e Medidas (Ipem) do Rio Grande do Norte com a Polícia Civil fiscaliza vários postos de combustíveis de Natal, desde o início da manhã desta terça-feira (8). A ação visa identificar fraudes nas bombas medidoras e já encontrou irregularidades em vários casos.
De acordo com o diretor-geral do Ipem, Cyrus Benavides, ainda não é possível detalhar a operação, nem divulgar os números e todas as fraudes detectadas pelos agentes, porque o trabalho ainda não foi encerrado pelas equipes. São quatro, em toda a cidade.
"É uma operação inédita, que conta com 20 agentes do Ipem do Rio Grande do Norte, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Paraíba e uso de equipamentos para detectar fraudes. Também contamos com a cooperação 15 policiais civis", informou o diretor.
Em pelo menos dois postos, fiscais encontraram bombas que estavam com o lacre colado. Além da prática ser ilegal, é considera um indício de que houve alteração no bico (mangueira) de combustível da bomba.
"A equipe chegou a um posto em que todas as bombas têm lacre colado. Lacre colado é prejuízo para consumidor. É o primeiro sinal de que houve fraude", ressaltou Benavides.
Também foram encontrados óleos de motor vencidos há oito anos e expostos à venda. 
Os fiscais também procuram possíveis controles remotos que são usados para colocar no tanque menos combustível que o comprado pelo consumidor.

G1RN

segunda-feira, 7 de maio de 2018

Apodi=Policia Militar prende mais um foragido da justiça.

 Acusado
Vítima

Por volta de meio dia deste Domingo dia 06/05, a Policia Militar recebeu uma denúncia informando haver uma pessoa desconhecida em atitude suspeita no Bairro Pequé, mais precisamente nas proximidades do fórum de Apodi.

De imediato uma viatura da Rádio Patrulha composta pelos cabos, Hélio e Gerliano, se deslocaram até o local informado e se depararam com o foragido da justiça, Caio Max de Oliveira, mais conhecido como "Juninho mendengue".

Juninho mendengue foi conduzido ao centro de detenção provisória de Apodi (CDP), onde se encontra a disposição da justiça.

Juninho mendengue, é acusado de ter matado a golpes de faca, na madrugada do dia 17 de Setembro de 2017, na Baixa do CAIC, a pessoa de Francisco Fabiano de Oliveira, mais conhecido como "Biano". 

Na época, testemunhas contaram a policia que tanto vítima como acusado bebiam juntos, e de repente teve início uma confusão e Juninho desferiu varias facadas na vítima, que ainda chegou a ser socorrida ao hospital de Apodi, mas infelizmente não resistiu aos ferimentos e morreu. Após o crime, o acusado tinha fugido com destino ignorado.

Apodi=Policia Militar prende foragido da justiça


Claudino de Freitas Leite, o "Claudino Mossoró" que estava com mandado de prisão em aberto, expedido pela Dra. Cinthia Cibele Diniz De Medeiros, juiza da Vara de Execução Penal da Comarca de Mossoró, foi capturado na tarde deste sábado, 05 de maio, durante uma abordagem da Polícia Militar entre os municípios de Apodi e Felipe Guerra, na região Oeste Potiguar.

De acordo com informações repassadas ao Blog Fim da Linha, pelo Sgt Ivanildo que efetuou a prisão, o foragido foi abordado em um Taxi que trafegava de Mossoró, sentido Apodí, mas como ele se aprosentou com o nome de Cláudio Renildo e como nada de ilícito foi pego com ele, o mesmo foi liberado.

Minutos depois o Sgt descobriu que o foragido havia dado nome falso, quando na verdade Cláudio Renildo é irmão dele. A equipe da PM se deslocou até a comunidade rural onde ele estava escondido e quando chegou no local, o foragido ainda não havia chegado.

Os policiais conversaram com a esposa dele, e ela deu o verdadeiro nome de seu marido, Claudino de Freitas Leite. Durante consulta ao sistema, foi constatado a existência de um mandado de prisão em aberto contra o mesmo, na comarca de Mossoró. A equipe da PM esperou a chegada do foragido que não teve como fugir da guarnição. Ao chegar na casa, Claudino recebeu voz de prisão, sendo conduzido ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Apodí.

No CDP, Claudino de Freitas Leite, disse que é morador das Barrocas em Mossoró e faz parte da Facção Criminosa "PCC" (Primeiro Comando da Capital) e estava na região de Apodí fugindo dos inimigos de facções rivais.

Ele deverá ser transferido na próxima segunda feira, (07) para cumprir pena de 4 anos em regime fechado na Penitenciária Agrícola Dr. Mário Negócio Mossoró.

Fim da Linha

domingo, 6 de maio de 2018

Apodi=Tentativa de Homicídio é registrada na noite deste Sábado.

Vítima

Por volta das 20:00 da noite deste Sábado dia 05/05, a Central de Operações da Policia Militar (COPOM), recebeu a informação de um atentado a bala numa casa nas proximidades do colégio Ferreira Pinto.

De imediato viaturas da Rádio Patrulha e GTO, se deslocaram ao local e confirmaram a veracidade das informações. A vítima identificada como Antonio Torres Filho, mais conhecido como Filhinho, se encontrava caído na porta de sua casa, com várias tiros pelo corpo.

Uma ambulância do SAMU foi até o local e socorreu a vítima para o hospital de Apodi e em seguida devido a gravidade dos ferimentos, o mesmo foi transferido para o Tarcísio Maia em Mossoró. Mais um crime que será investigado pela policia civil de nossa cidade que tem a frente o delegado Rafael Câmara.

A policia pede a quem tiver alguma informação que possa ajudar na elucidação desse crime, que denuncie ligando para os telefones 190 / 3333-2737 / 84-99677-6004. Não precisa se identificar.

Apodi=Ataque a tiros deixa duas pessoas baleadas no centro da cidade.



Por volta de meio dia deste sábado dia 05/05, uma tentativa de homicídio em um bar, localizado em meio a feira livre, no centro da cidade, deixou duas pessoas baleadas.

Segundo informações repassadas a policia, uma das vítimas identificada como Antônio Clebno Bezerra de Lima, mais conhecido por Guegão, de 28 anos de idade, estava no referido bar, quando seu desafeto identificado apenas como Queixinho, teria se aproximado e efetuado vários disparos de arma de fogo em sua direção.

Pra não morrer, Guegão teria se agarrada e usada como escudo, a pessoa identificada como Fabiana Nunes, de 31 anos de idade, que também foi baleada. após os tiros, o acusado conseguiu fugir com destino ignorado.

As vítimas foram socorridas para o Hospital Regional de Apodi e logo em seguida transferidas para o hospital Tarcísio Maia na cidade de Mossoró. O caso será investigado pela policia civil de Apodi que tem a frente o delegado Rafael Câmara.