quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Suspeito de efetuar disparo que matou menina de 2 anos em Poço Branco/RN é preso pela polícia civil

Foi preso no início da manhã desta quarta-feira (31) na cidade de Poço Branco, a pouco mais de 60 quilômetros de Natal, um jovem de 23 anos suspeito de ser o autor do disparo que matou a menina Paula Isamara Mendes, de 2 anos.
A criança estava no colo da mãe, na festa de aniversário da avó, quando foi baleada na cabeça. O crime aconteceu em setembro deste ano em Macaíba, cidade da Grande Natal.
A prisão foi feita pelo delegado Normando Feitosa, titular da DP de Macaíba. Responsável pela investigação, ele disse que o suspeito admitiu ter feito o disparo que atingiu a menina.
Paula Isamara estava com a mãe dela na calçada da casa da avó, ainda durante a festa, quando foi atingida por um tiro na cabeça. Um homem que estava perto da festa, numa casa ao lado, era o verdadeiro alvo do disparo. Ele também foi baleado, mas resistiu ao ferimento.
Já a criança, que chegou a ser socorrida e passou dois dias internada na UTI do Hospital Walfredo Gurgel, teve morte cerebral confirmada no dia 4 de setembro.
Desde o dia do crime, a Polícia Civil de Macaíba já tinha a identificação do criminoso. “Foi só uma questão de tempo e de um bom trabalho de inteligência para descobrirmos onde o suspeito estava. Ao ser preso, ele admitiu ter feito o disparo.
Disse que estava passando de moto, perto da festa, quando o rapaz que estava na casa ao lado puxou uma arma para ele. Então, para se defender, ele atirou primeiro. Mas, nós sabemos que a história não é bem essa. Ele foi lá já na intenção de matar o rival”, ressaltou Normando.

(G1-RN).

Nenhum comentário:

Postar um comentário