quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

Advogado suspeito de abusar de mulheres e criança é preso em Natal

Homem de 38 anos foi detido nesta quinta-feira em operação conjunta de promotores do RN e do Paraná, onde foi presa uma mulher suspeita de abusa do filho de 8 anos.
Segundo o MPRN, Advogado suspeito de abusar de mulheres e criança promovia o crime via redes sociais. Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Um advogado foi preso em Natal nesta quinta-feira (7) sob suspeita de seduzir mulheres, chantageá-las e gerar abuso sexual de uma criança de 8 anos. Tudo via internet. A prisão aconteceu por meio de operação conjunta dos ministérios públicos do Rio Grande do Norte e do Paraná.
O suspeito – cuja identidade não foi revelada – tem 38 anos e usava as redes sociais para aliciar as vítimas e, desta forma, obter vídeos e fotos íntimas. Após isso, ele usava esse material para chantagear as mulheres, obrigando-as a mandar imagens pornográficas.
De acordo com informações do Ministério Público do RN, em um dos casos comprovados, uma das mães envolvidas abusou do próprio filho, uma criança de 8 anos, para satisfazer as exigências do advogado. Ela também foi presa nesta quinta-feira, no Paraná.
Em Natal, foram cumpridos três mandados, um deles destinado ao escritório de advocacia do investigado. Foram apreendidos notebooks, celulares e outros objetos que podem ter indícios ou provas dos crimes praticados.
A operação foi batizada de “Jocasta”, referência à personagem da mitologia grega, mãe de Édipo. Na história que envolve os dois, mãe e filho se apaixonam sem ter conhecimento do parentesco. Quando descobrem, a tragédia irrompe. Ela se mata e ele é desterrado. O mito envolve ainda a morte do pai, Laio, morto pelo filho, também sem saber.
A ação em Natal teve a participação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do MPRN e contou com o apoio da Polícia Militar. Representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RN) também estiveram presentes.

OP9
<
Previous Post
Next Post

0 comentários: